A PORTA ABERTA ESTÁ

A PORTA ABERTA ESTÁ
Culto de Doutrina - terças às 18:30 / Culto de Consagração - quartas às 09:00 / Culto de Libertação - quintas às 15:00 / Evangelização e Culto ao Ar Livre - sábados às 17:00 / Escola Dominical às 09:00 / Culto Público aos domingos às 18:00

Translate

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

BALANÇO 2012

Ano de realizações,
Ano de boas emoções.
Ano de trabalho, ano de escola.
E de estudar. Ano de muito amar!
Ano em que o mundo não se acabou,
Aliás, ele se acaba a cada dia, lentamente,
Sem alegria para os que nele se amoldam,
E choram as cotidianas perdas.

Ano 2012, marca mais um ano de felicidade,
Pela grande oportunidade
De estarmos juntos, na cumplicidade,
No amor, no prazer insuportável,
No foco da rotina, que nos anima,
E faz-nos sentir que a vida é bela

Ano 2012, ano de meditar a diferença,
Do que foi proposto pela consciência:
Do Supremo ao denominar, ou chamar,
De Éden a imensidão terreal.

Paraíso seria o plano eternal,
Mas o mal se instalou e transformou
Tudo, num sistema infernal.

Por isso aos poucos vão se acabando,
Todos os valores, os amores, as afinidades.
Até mesmo a saudade irá findar, aos poucos,
Findando, findando, findando... Se acabando.

            Maria da Gloria  31 – 12 – 2012.
                                            Sl. 24: 1.

sábado, 29 de dezembro de 2012

Palestra sob o Tema: “VAMOS JUNTAR NATAL COM MORAL?”.

Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão” (Sl. 127: 3).


          Diz o ditado que durante a vida o homem deve plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. Mas um desses objetivos jamais pode ser alcançado sozinho: O FILHO.
              Um filho, ou filhos, eles não são um projeto pessoal, vai ser sempre uma produção do casal. A criança não nasce pronta, dentro dela vai se formando um casal, papai e mamãe, que são espelhados pelos pais reais que cuidam dela.

          Já na gravidez sem que se percebam criam um lugar para aquele bebê que chegará, este lugar vai determinar qual o papel que esta criança terá nesta família? Podemos até citar: O filho que veio porque foi desejado, o filho que veio para salvar o casamento, o filho que não foi desejado, o filho que veio para separar, o filho que aconteceu, etc.
          
             É lamentável quando isso acontece. Hoje os pais mudaram, temos vivido principalmente nestas últimas décadas, profundas, continuas e velozes transformações sociais, políticas e culturais.
            Em especial atenção para a tecnologia. Entretanto, por mais que essas mudanças tenham sido promovidas e desejadas por nós para propiciar uma vida mais confortável, estamos vivendo resultados indesejáveis.

E Como as Crianças e Adolescentes Estão sendo Cuidados?

          As crianças e os adolescentes estão sendo gerados e criados por adultos que estão com dificuldades de serem bons modelos de espelhos. Não estão conseguindo transmitir a ideia de que a vida vale a pena ser vivida, que vale a pena investir no trabalho honesto, digno, nos sentimentos e sonhos, ter esperança no amanhã. Há fracassos por toda a parte, na Educação, nos lares divididos.  
            A cada dia cresce o número de crianças, adolescentes entrando no caminho das drogas, prostituição e etc.

 Deus Preferiu Contar Com Você

Só Deus pode criar, mas você pode valorizar o que Ele criou.
Os filhos frutos de teu ventre você deve recebê-los com amor, e cria-los nos preceitos morais.

Só Deus pode dar a vida, mas você pode transmiti-la e respeita-la.
Respeitar a vida dos filhos, com bons ensinamentos, bons exemplos, pois tudo que seus filhos aprenderem em casa é o que eles levarão para vida a fora.

Só Deus pode dar a Paz, mas você pode semear a União.
Uma das coisas mais tristes é a desunião em família, os filhos que observam a desunião entre seus pais jamais serão crianças, adolescentes e jovens felizes, para os filhos a maior felicidade é contemplar a união conjugal entre seus pais.

Só Deus pode dar o Verdadeiro amor,
Mas você pode ensinar a seus filhos o que é o Amor de Deus.
Independente de credo religioso, Deus é um só e seus filhos precisam conhecer um pouco de Deus a cada dia.

Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida!
E você mãe, a que caminho você está conduzindo seus filhos? Lembre-se que um dia todos nós chegaremos diante de Deus para dar contas dos filhos que Ele nos deu.

“Instrui ao menino no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.” Prov. 22: 6.

PENSE NISSO!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Culto de Natal / Dezembro de 2012

TEMA: Natal com Moral
I – Oração Inicial
II – Hinos: 21, 97, 103 (HC)

III – Leitura Oficial: Prov. 8:22 a 34.

IV – Oração de Adoração

V – Cânticos Natalinos: Alunos da EVMCA
VI – Poesia: Aluna Blenda Reizane

VII – Jogral: Natal com Moral

IX – Presépio. Conjunto de flautas (EVMCA)
X – Encerramento



O Culto de Natal foi realizado dia 24/12/2012 

Igreja Assembléia de Deus 

(congregação) de Irajá 

Rua da Associação - 21 - Rio de Janeiro

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

CULTO EM AÇÃO DE GRAÇAS PELOS VINTE E TRES ANOS DA CONGREGAÇÃO

TEMA: A PORTA ABERTA ESTÁ” (Ap. 3: 8).

Processamento do Culto / Dia 20 – 12 – 2012.
 
I – Oração Inicial
II – Hinos: 144, 240, 197, 247 (HC)
III – Leitura Bíblica Oficial Ap. 3: 8.
IV – Oração de Agradecimento
V – Apresentação dos visitantes
VI - Manjedoura Querida (poesia)
VI – Conjunto Jardim de Deus
VII – Oportunidades
VIII – Ofertório
 IX – Explanação da Palavra
X – Oração final.
VEJA TODAS AS IMAGENS DO CULTO  

sábado, 15 de dezembro de 2012

Mãe os Filhos São Seus


Como gostaríamos de poder dizer
Com todo prazer: Nossas Crianças!
Mas elas não são nossas, são suas.

Como gostaríamos de nos alegrar,
E até chorar, não de tristezas,
Mas de alegria por ver as suas crianças
Que não são nossas, compartilhando do melhor.

Se num caminho estreito, mas, com efeito,
Limpos de coração, pés e mãos, num recinto,
Onde se possa sentir uma presença boa
Nos sons musicais que suas crianças entoam.
Mas elas são suas, não são nossas.

E você mãe as pode levar para onde quiser,
E elas nem mais comparecer ao lugar de Culto.
Onde cantando um Cântico Novo a cada Domingo,
Junto conosco nos alegrando!

Mas as crianças mãe são suas e não nossas,
São do papai e da mamãe que não compartilham
Nossas emoções e alegrias, nem sequer podem imaginar,
O quanto foi importante para Deus suas crianças criar,
E te entregar. Estão elas em suas mãos, são suas.

Que neste Natal de Jesus
Possa haver muita luz, a Luz de Jesus,
Iluminando muitas mães na condução de suas crianças
E que na encruzilhada da vida possa você mãe perceber
E escolher para  as suas crianças o melhor caminho.

FELIZ NATAL! Maria da Gloria.

Rio de Janeiro, 24 – 12 – 2012.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Até quando continuarão negando Jesus e sua eficácia?

Querendo muitas vezes até tomar o seu lugar, é impressionante a coragem de alguns crentes que andam por aí apregoando que Deus é fiel sem ao menos saber o que isto na verdade significa. Falam de uma forma em que possa parecer que Deus está sempre a sua disposição, sendo fiel a eles, e a coisa não é muito bem assim, pois a fidelidade do Senhor principalmente do Senhor Jesus é velar pela sua Palavra para que se cumpra ao pé da letra não se importando se vai agradar ou não aos crentes, velar é mais que zelar é não dormir, é não deixar-se escarnecer por estes falsos pregoeiros de mentiras. É preciso ter cuidado em discernir os Escritos Bíblicos para não cair em contradição com a Verdade. Continuam negando todo o trabalho de Jesus, e até tentam tirá-lo de seu posto e tomar o seu lugar. Por exemplo: ao mesmo tempo em que pregam o Poder de Jesus quanto a Ele ser o Guarda fiel de seu povo, estão temendo o que lhes possa acontecer colocando tantos obstáculos no tocante à realização do trabalho que foi ordenado por Jesus poucos instantes antes de ser recebido no Céu, ou seja, o IDE! Alegam até não terem tempo de estudar a Bíblia, outros colocam os filhos, netos, e outros parentes como impedimento à sua caminhada, agora eu pergunto onde está a FÉ? Pura hipocrisia, na verdade não estão crendo em coisa alguma e muito menos tendo certeza de todas as promessas feitas desde a fundação do mundo. São crentes superficiais, nunca fizeram uma entrega total ao Senhor e Salvador Jesus Cristo! Continuarão a negá-lo até ao fim e depois ficarão de fora. No Céu não entra covardes, nem mentirosos, nem trapaceiros, a Deus ninguém engana. O Senhor diz em algumas referências o seguinte: “Fazei prova de mim” em quais situações se pode fazer prova do Senhor Jesus? Na bonança ou na prova? Eu penso que é na prova, ou seja, em alguma dificuldade que se apresenta em nosso dia a dia, certo? Aí sim é hora de sair sem nada temer, pois, se você tem certeza de que tudo quanto está escrito na Bíblia é a Verdade por que temer? São muitas as referências acerca do confiar verdadeiramente em Jesus, mas vou indicar apenas uma que resume todas as demais: 
Salmo 125 – 1) Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre. 
2) Assim como estão os montes à roda de Jerusalém, assim o SENHOR está em volta do seu povo desde agora e para sempre. 
3) Porque o cetro da impiedade não permanecerá sobre a sorte dos justos, para que o justo não estenda as suas mãos para a iniqüidade. 
4) Faze bem, ó SENHOR, aos bons e aos que são retos de coração. 
5) Quanto àqueles que se desviam para os seus caminhos tortuosos, levá-los-á o SENHOR com os que praticam a maldade; paz haverá sobre Israel. 
PENSE NISTO!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

DITADURA, O QUE SERÁ?


Ditar Leis que sejam cumpridas,
Às vezes duras, parecem más.
Ditar a moral para que seja aferida,
Não para ferir, mas para que seja eficaz.
Respeito às autoridades constituídas,
Sem ditar? É impossível ter.
É ser preso do sistema que dia a dia apodrece,
É impossível bem viver.

Ditar Leis que exterminem a podridão
Que devasta de alto a baixo,
A Pátria amada, idolatrada, o solo, o chão.
Ditar ordens que se façam cumprir
A duras penas sem a falsa pacificação
Sem passar para o pobre, a ilusão
Que dia a dia se desfaz.
Pois na verdade não há paz.

A inversão de valores trouxe o inverso,
Que já há muito tirou toda a força,
Tirou a liberdade cantada em versos,
De um povo heroico, o brado retumbante,
Não há mais nenhum brado
O povo tem que ficar calado,
Diante a inversão de valores
E sofrer das consequências, as dores,
Nesta ditadura infernal
Que acolhe e protege o mal!

Verás que um filho teu não foge a luta?
Pior que fugir é se esconder,
É calar, silenciar sob novas leis
Que leis? A lei do silencio meu camarada,
Tu não podes fazer nada,
Pois tudo está dominado, tudo combinado,
O que fazer? Cumprir o inverso da Bandeira:
Ao invés de ordem, desordem,
Ao invés de progresso, fracasso.
Esta é a situação dos filhos desta Pátria amada,
Idolatrada salve, Salve.

 De Maria da Gloria 24 – 10 - 2012

terça-feira, 9 de outubro de 2012

MAS QUE TOLICE


MAS QUE TOLICE

Tomar posse de velhice?
Mas que tolice!
Se submeter ao rebaixamento,
De um condicionamento
Que humilha ferindo,
E ao mesmo tempo sorrindo.
Apontando sempre um lugar à parte,
Como se não fizessem parte
Da mesma sociedade,
Só por que viveram alguns anos a mais.

Tomar posse de velhice?
Mas que tolice!
Querem ser mesmo preteridos?
Esquecidos?
Por uma sociedade infame,
Que massacra os de mais idade?
Que na realidade se amoldam e
Também se acomodam,
A um sistema hipócrita.

Tomar posse de velhice?
É não ter nada colecionado,
É não ter nada ambicionado
Nem aprendido,
É continuar a ser preterido.
Não te acomodes, nem abraces a esta hipocrisia,
Que no dia a dia quer te alienar
Rebaixar-te, e humilhar,
Apontando sempre um lugar à parte
Como se não fizesses parte da mesma sociedade hipócrita.

(Miss. Maria da Gloria)

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Passeio ao Museu Nacional e ao Jardim Zoológico


Os alunos da Escola Vinde Meninos com Classe nas Artes no dia 1 de Setembro de 2012  tiveram a oportunidade de conhecer o Jardim Zoológico e o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista. Saiba como foi / acesse aqui...

quinta-feira, 10 de maio de 2012

ENTENDEU MÃEZINHA?

Mãe, seus filhos crescem, e na dependência da primeira infância, de tudo carecem.
Mais que o alimento, roupas ou calçados. Na primeira infância, quando ainda crescem,
De muito mais eles carecem.
Mãe é como aquela que no campo trabalha em prol de todas as necessidades,
porém nunca poderá esquecer que: Seus filhos não param de crescer, e de tudo quanto agora de ti recebem
Um dia irão te devolver.
Mãe pense nas palavras boas ou ruins que no ar através de seus lábios ressoam,
Se forem ruins certamente magoam, se boas resplenderão na Aurora da Vida,
Quando sua criança querida estiver já CRESCIDA
For te devolver com: Amor ou rancor?
Tudo Que de ti ouviu e recebeu naquele campo onde você a criou.
As crianças gostam de te dar flores, que representamDOIS AMORES:
O que vem de lá, e o que SAI de cá.
Entendeu Mãezinha?

de Maria da Gloria para o dia das Mães.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Um toque de poesia / Cadê Mamãe? Cadê Papai?


Cadê Mamãe? Cadê Papai?
       Maria da Gloria

Quantas meninas ao léu,
Sem o véu da inocência,
Inocência? Qual nada,
Vivem soltas, largadas,
Como se nada fosse importante
Neste mundo errante.

As brincadeiras de bonecas,
Casinha, comidinha, que inha, que nada,
O negócio é namorar, deixar a vida levar.
Para onde quiser
E virar logo mulher.

Começando cedo, ou quando?
Quando quiser.
Com doze anos já pode ser mulher
De um qualquer!

Cadê mamãe? Cadê papai?
Sabe-se lá,
Por aí em qualquer lugar.
Separados de preferencia,
Sem nenhuma interferência
Na vida da menina.
Que menina?

As brincadeiras de bonecas,
Casinha, comidinha, que inha, que nada,
O negócio é namorar, deixar a vida levar,
Para onde quiser, e virar logo mulher
De um qualquer.

Diz os entendidos da saúde
Que virtude já era,
O negócio é começar a namorar
Quando quiser. Desde cedo
Virar logo mulher de um qualquer.
Cadê mamãe? Cadê papai?

Um toque de poesia / A Dor do Poeta


A Dor do Poeta
  Maria da Gloria

É preciso sentir a dor do poeta
Para então compreender sua vida incerta.
Vida de tristezas e desesperanças
Coisas guardadas nas lembranças
De quem perdeu um grande amor,
Da saudade de seu calor.

É preciso sentir a dor do poeta,
Para então compreender sua vida incerta.
Quando olha as estrelas no céu,
E vê o brilho que não mais existe em seu eu
No silencio aflito que não fala,
Pois a alma se cala.

É preciso sentir a dor do poeta,
Quando se vai a joia de seu relicário.
Como as estrelas no céu cintilando,
Certamente lá também está brilhando
Aquela joia, pedra lapidada.
Pelo poeta tão amada.

É preciso sentir a dor do poeta,
Para compreender sua vida incerta
Quando caminha entre os abrolhos,
Quando as águas caem dos olhos
Expressadas no silencio calado
Suporte da alma e por vezes cansado.

É preciso sentir a dor do poeta,
Quando quer partir,
Para bem longe seguir
Sua caminhada incerta.
É o destino do poeta.
É preciso sentir a dor
Quando se perde um grande amor.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Para onde foi toda autoridade sobre sua família?

Ao criar o homem do pó da terra o Senhor Deus soprou o fôlego de vida em suas narinas fazendo dele uma alma vivente. (Gen. 2: 7) e deu-lhe poder para dominar todas as coisas criadas sobre a face da terra. Porém ao pecar, transgredir as leis divinas, o homem perdeu sua autoridade principalmente sobre seu próprio lar. Ao ser interrogado pelo Criador sobre o pecado cometido o homem [Adão] o acusou abusivamente dizendo “a mulher que tu me deste por companheira, ela me deu da árvore e comi” (Gen. 3: 12.), desde esse fato o homem perdeu sua integridade, sua moral, e principalmente sua autoridade a começar pela própria família, pois certamente nenhuma mulher ficaria satisfeita ao lado de um homem que não assumisse seus próprios erros e nem poderia olhar com respeito e amor tamanha covardia diante duma situação dessas não é verdade? 
Daquele dia em diante foi só desgraça na vida daquela primeira família, e em toda a natureza houve também mudanças, pois o Senhor por conta da fraqueza de Adão amaldiçoou toda a terra fazendo nascer cardos e espinhos, foram expulsos do Jardim onde Adão trabalhava. Cuidando do Jardim era bem diferente da atual situação, pois o trabalho agora seria lavrar uma terra contaminada e comer do suor de seu rosto. (Gen. 3: 19.) 
Houve também o primeiro derramamento de sangue, pois o Senhor imolou a vítima do primeiro sacrifício a fim de vestir o casal culpado com a pele (Gen 3: 21.) (Redenção figurada). 
E assim tempos depois aquela primeira família da terra sofreu a perda de seus dois filhos: um porque morreu o outro porque matou seu próprio irmão, e assim o homicida Caim não pode mais conviver em família, tornou-se um vagabundo na terra. (Gen 4: 11. 12) Daí para frente à humanidade foi se dividindo e conseqüentemente se contaminando, pois passou a haver na terra dois tipos de povos: os descendentes de Caim e os descendentes de Sete o terceiro filho de Adão que o Senhor deu em lugar de Abel. (Gen 4: 25.) 
Os descendentes de Sete eram chamados filhos de Deus. Com o passar dos tempos deixaram o Temor do Senhor e se contaminaram com os descendentes de Caim (Gen. 6: 2.) então os valores morais mais uma vez caíram e houve a corrupção generalizada em toda a face da terra, desta decadência moral nos conta a história que somente uma família permaneceu integra diante do Criador, a família de Noé, esta se conservou na face de toda a terra. 
E o que falar dos dias atuais? Disse Jesus no Evangelho de Lucas cap. 17: 26, 27, que estamos vivenciando as mesmas decadências morais dos tempos de Noé no seio das famílias, pois não há mais o mínimo Temor àquele que determinou todas as coisas. Quando não há obediência aos desígnios divinos, por exemplo: quando não se respeita às leis do casamento determinado por Deus (Mat. 19: 6.) neste texto Ele diz claramente que o casamento é indissolúvel quando não há obediência e respeito às determinações divinas independente do credo religioso de cada um, pois Deus é um só e as suas Leis únicas em toda face da terra. Conseqüentemente perde-se tudo, não se consegue mais o respeito dos filhos, tenha eles a idade que tiverem bem como de toda a parentela. Portanto nessas preliminares sobre o assunto família que continuaremos abordando neste ano que se inicia, queremos deixar claro mais uma vez que tudo de bom que possa acontecer numa sociedade inteira começa no lar e tudo de ruim que possa acontecer numa sociedade inteira começa em casa. Há uma diferença muito grande entre um lar e uma casa. Lar vem de lareira, calor, aconchego, união em volta da mesa no cenáculo. (sala de jantar) É preciso resgatar esses valores que estão ficando cada vez mais distantes da humanidade. Cada dia nascem mais crianças sem lares muitas vezes sabemos pelos noticiários desgraças na vida de crianças com menos de um ano de vida. São crianças que estão nascendo sem lar.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Um toque de poesia / INSUPORTÁVEL PRAZER


INSUPORTÁVEL PRAZER
    De Maria da Gloria

Prazer insuportável
Adorável,
Que envolve,
E move
Tudo em mim.

Prazer que enlouquece,
E aquece de tal maneira
Agarrado a cabeceira,
Seja do que for,
Caímos e nem sentimos que o calor
Desce, aquece, e enlouquece.
Nesse adorável
Prazer insuportável!

Mas que prazer insuportável,
Envolvente movendo com a gente
Semanalmente.
Que equivale um tempo inteiro,
Nesse roteiro, ou rotina,
Que alucina neste adorável
Prazer insuportável!

quarta-feira, 7 de março de 2012

Curandeiros e mercenários

O caso está ficando cada vez mais sério no mundo dos falsos crentes, dos falsos pregoeiros de curas, não discernindo os "Dons de curar". 
É altamente condenável e biblicamente injustificável a propaganda e o sensacionalismo que estão fazendo ligado à cura divina. Nas últimas cinco décadas a "cura divina" tem sido plataforma exclusiva de pessoas inescrupulosas querendo ganhar fama através deste Dom do Espírito Santo que é restrito e está inserido nos sinais maravilhosos que Cristo fala aos seus discípulos no Evangelho de Marcos cap.16: 17, 18. "E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes, e se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão." 
Estes sinais seriam obviamente usados no caminho da evangelização, pois afinal aqueles homens estavam revestidos de poder, pois haviam cumprido os dias de Pentecostes e recebido às promessas do batismo com o Espírito Santo, e é de suma importância que os que vão pelo caminho, de porta em porta cumprindo o IDE de Jesus tenham os sinais, pois o pecador precisa ser tocado no profundo de sua alma através dos sinais do Espírito Santo. Assim aconteceu com aquela mulher samaritana lá no poço de Jacó. Após aquele dialogo com Jesus ela saiu de sua presença alegre e dizendo a todos que encontrou pelo caminho que verdadeiramente ela havia encontrado o Cristo, pois falou tudo de sua vida (João 4: 28 a 30). Isto não é espírito de adivinhação, isto é Poder de Deus, pois o próprio Cristo disse que seríamos suas testemunhas e pediu que os discípulos ficassem em Jerusalém até que do alto fossem revestidos de poder (At. 1: 8). 
Os Dons do Espírito Santo é coisa santíssima, não pode estar sendo assim vulgarizado por pessoas que buscam oportunidades através da desorientação de um povo que por sua vez voltamos a dizer - não quer nenhum compromisso com a Verdade e por isso vão atrás destes mercenários blasfemos, heréticos que apregoam, anunciam por sua conta e risco "curas divinas". 
Os Dons espirituais são circunstancias àqueles que estão com seriedade no caminho do ide e não para sensacionalismo mexendo com a emoção das pessoas, sim, pois o que estamos presenciando por toda a parte é pura emoção que nada tem a ver com a operação divina, haja vista que principalmente a cura divina é o único Dom do Espírito Santo que está em plural, por quê? É muito simples: está no plural por que exerce duas funções, ou seja, primeiro a cura da alma para que assim o corpo possa também ser curado, explicando melhor: a cura da alma é o perdão de pecados, pois toda doença é conseqüência da desobediência aos Mandamentos independente de religião, a Palavra de Deus pela morte vicária de Cristo na cruz é para toda a humanidade, portanto desobediência é pecado e o pecado gera doenças e morte. (Ex. 15: 26). 
O próprio Jesus quando por aqui andou curando toda sorte de enfermidades dizia uma palavra que dá o que pensar: "a tua fé te salvou", veja um exemplo dentre tantos da mulher que há doze anos tinha um fluxo de sangue: Marc. 5: 34. "E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz, e sê curada deste teu mal". Portanto para que haja cura no corpo, primeiro tem que haver cura na alma (arrependimento de pecados). Mas não é assim o procedimento nem poderia ser, pois já não há mais seriedade principalmente para quem quer ficar atrás de câmeras, holofotes, microfones, palanques, e etc., etc., o negócio agora é muita propaganda, pois a propaganda é a alma do negocio, e vão por ai usando em vão o Nome do Senhor, isto é muito fácil para quem há muito perdeu o Temor ao Senhor. 
Porém chegará o dia da prestação de contas que não será aqui nesta terra mas diante do tribunal de Cristo onde todos receberão segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal. (2 Cor. 5: 10).