A PORTA ABERTA ESTÁ

A PORTA ABERTA ESTÁ
Culto de Doutrina - terças às 18:30 / Culto de Consagração - quartas às 09:00 / Culto de Libertação - quintas às 15:00 / Evangelização e Culto ao Ar Livre - sábados às 17:00 / Escola Dominical às 09:00 / Culto Público aos domingos às 18:00

Translate

terça-feira, 22 de outubro de 2019

LIÇÕES BÍBLICA / OS TRÊS ANJOS FORTES! - Lição: 3

LIÇÕES BÍBLICA

Classe: “Ovelhas do Bom Pastor.”
Data: 27 – 10 – 2019.
Titulo da Lição: OS TRÊS ANJOS FORTES!
Lição: 3
Texto Áureo: “E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra.  (Ap. 22: 12).

Leitura Bíblica em classe:        416 – 442 –   HC                        (Sl. 79: 1 a 13)

1 – Ó DEUS, as nações entraram na tua herança; contaminaram o teu santo templo; reduziram Jerusalém a montões de pedras.
2 – Deram os cadáveres de teus servos por comida às aves dos céus, e a carne de teus santos às alimárias da terra.
3 – Derramaram o sangue deles como água ao redor de Jerusalém, e não houve quem os sepultasse.
4 – Estamos feitos o opróbrio dos nossos vizinhos, o escárnio e a zombaria dos que estão à roda de nós.
5 – Até quando Senhor? Indignar-te-ás para sempre? Arderá o teu zelo como fogo?
6 – Derrama o teu furor sobre nações que te não conhecem, e sobre os reinos que não invocam o teu nome.
7 – Porque devoraram a Jacó, e assolaram as suas moradas.
8 – Não te lembres das nossas iniquidades passadas: apressa-te e antecipem-se-nos as tuas misericórdias, pois estamos muito abatidos.
9 – Ajuda-nos; ó Deus da nossa salvação, pela gloria do teu nome: e livra-nos, e perdoa os nossos pecados por amor do teu nome.
10 – Porque diriam os gentios: Onde está o seu Deus? Torne-se manifesta entre as nações, a nossa vista, a vingança do sangue derramado dos teus servos.
11 – Chegue à tua presença o gemido dos presos; segundo a grandeza do teu braço, preserva aqueles que estão sentenciados a morte.
12 – E aos nossos vizinhos, deita-lhes no regaço, setuplicadamente, a sua injuria com que te injuriaram, Senhor.
13 – Assim nós, teu povo e ovelhas de teu pasto, te louvaremos eternamente de geração em geração cantaremos os teus louvores. 



Titulo da Lição: OS TRÊS ANJOS FORTES!

Definição:  Prosseguindo neste estudo profundo do Livro do Apocalipse, veremos nesta lição o momento em que mais uma vez contemplamos a interrupção, ou um intervalo nas séries de Sete. Desta vez há uma interrupção entre a sexta e a sétima trombeta. Passemos para o capítulo 10 de Apocalipse: “E VI outro anjo forte, que descia do céu, vestido de uma nuvem; e por cima da sua cabeça estava o arco celeste, e o seu rosto era como o sol, e os seus pés como colunas de fogo: E tinha na sua mão um livrinho aberto, e pôs o seu pé direito sobre o mar, e o esquerdo sobre a terra; E clamou com grande voz, como quando brama o leão: e havendo clamado, os sete trovões fizeram soar as suas vozes.” (Ap. 10: 1, 3). Três anjos fortes aparecem neste Livro em estudo, no capitulo 5 vemos a primeira citação ao anjo forte: “E vi um anjo forte, bradando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de desatar os seus selos?” (Ap. 5: 2). Esta expressão é bem característica de nosso amado Jesus, fala com autoridade, pois, já foi coroado como Rei dos reis e Senhor dos senhores! João viu. Outra característica que não deixa dúvidas é a questão da Nuvem, há uma Nuvem que o acompanha desde a sua Ressurreição, “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra. E quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado ás alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.” (At. 1: 8, 9). Para confirmar; Jesus quando por aqui andou, num de seus sermões falou acerca de sua vinda aos seus discípulos, dizendo como seria, vejamos: “Ora, naqueles dias, depois daquela aflição, o sol se escurecerá, e a lua não dará a sua luz. E as estrelas cairão do céu, e as forças que estão nos céus serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem nas nuvens, com grande poder e glória. E ele enviará os seus anjos, e ajuntará os seus escolhidos, desde os quatro ventos, da extremidade da terra.” (Mr. 13: 24 a 27). Estas foram as Palavras ditas pelo próprio Senhor Jesus, muito bem explicadas, aliás; desde a primeira vez que nuvens surgem na Bíblia, há uma forte união entre elas e a Gloria e o Poder de Deus, as nuvens são mencionadas na Bíblia centenas de vezes no Antigo Testamento. Vejamos quando isto passou a acontecer: “O meu arco tenho posto na nuvem, este será por sinal do concerto entre mim e a terra. (Gn. 9: 13), neste verso o Senhor se refere a terra, mas no verso 16 Ele já se refere ao homem, vejamos: “E estará o arco nas nuvens, e eu o verei, para me lembrar do concerto eterno entre Deus e toda alma vivente de toda carne, que está   sobre a terra.” Este que fala nestes versículos é claro que é JESUS! Portanto há uma forte ligação entre elas e o Criador. ficaríamos a lição inteira falando sobre as nuvens. Prossigamos no cap. 10: 2: “E tinha na sua mão um livrinho aberto, e pôs o seu pé direito sobre o mar e o esquerdo sobre a terra;” Eis aí o terceiro anjo forte, vejamos o que nos diz o verso 3: “E clamou com grande voz, como quando brama o leão: e havendo clamado, os sete trovões fizeram soar as suas vozes.” Nem podemos imaginar o poder deste anjo, demonstrando neste ato de colocar um pé no meio do mar e outro no meio da terra, demonstra o domínio que tem sobre toda a terra. E tinha um livrinho em sua mão, e bradou com grande voz, rugindo como um leão, nesse momento os sete trovões fizeram soar as suas vozes; vejamos: “E, sendo ouvidas as suas vozes, eu ia escrevê-las, e ouvi uma voz do céu, que me dizia: Sela o que os sete trovões falaram, e não o escrevas.” (Ap. 10: 4). Prosseguiremos agora com mais uma série de sete, os sete trovões; interessante que nós que fazemos menção da Palavra do Senhor, temos até certas experiências com trovões, mensagens podem ser transmitidas pelo som do trovão, a natureza é viva, pois quem a criou vive para todo sempre! Nas Sagradas Escrituras por diversas vezes trovões acompanharam os castigos enviados por Deus: Vejamos “Então disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão para o céu, e haverá saraiva em toda a terra do Egito, sobre os homens e sobre o gado, e sobre toda a erva do campo na terra do Egito. E Moisés estendeu a sua vara para o céu, e o Senhor deu trovões e saraiva, e fogo corria pela terra do Egito.” (Ex. 9: 22, 23). Um segundo exemplo: “E sucedeu que, estando Samuel sacrificando o holocausto, os filisteus chegaram à peleja contra Israel: e trovejou o Senhor aquele dia com grande trovoada sobre os filisteus, e os aterrou de tal modo que foram derrotados diante dos filhos de Israel.” (I Sam. 7: 10). Prossigamos no cap. 10 verso 4  diz que, João ia escrever o que os sete trovões falaram, mas o Senhor não permitiu que ele escrevesse, podemos muito bem entender a razão do Senhor não permitir que João escrevesse o que os trovões falaram, pois  não teríamos capacidade de compreender todos os pensamentos sublimes do Criador, vejamos o que o Senhor diz no livro do  profeta Isaias “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos  os meus caminhos, diz o Senhor. Porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” (Is. 55: 8, 9). Certa vez Moisés disse ao povo que o Senhor revela o que precisamos saber para o servi-lo melhor; Vejamos: “As cousas encobertas são para o Senhor nosso Deus, ora as reveladas são para nós e para nossos filhos para sempre, para cumprirmos todas as palavras desta lei.” (Deut. 29: 29). Mas voltando ao cap. 10, o anjo que estava com um pé no mar e outro na terra, jurou por aquele que vive para sempre que nós bem sabemos, que é o Deus Pai, que não haveria mais demora, para a sua vinda, portanto, o anjo forte com um pé no mar e outro na terra é JESUS CRISTO! No verso 8 João ouviu a voz do Criador dizendo: “Vai e toma o livrinho aberto da mão do anjo que está em pé sobre o mar e sobre a terra.” (Ap. 10: 8). E assim nos certificamos que este Anjo Forte é Jesus Cristo, nosso amado Salvador. E João tomou o livrinho e comeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário