Pesquisar este blog

E o semeador saiu a semear (áudios)

Vídeos

quarta-feira, 18 de julho de 2018

LIÇÕES BÍBLICAS / SIÃO CELESTE, REPOUSO DOS SANTOS! - Lição: 04

LIÇÕES BÍBLICAS
 Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
 Data: - 22 – 07 – 2018.     
Titulo da Lição:       SIÃO CELESTE, REPOUSO DOS SANTOS!   
 Lição: 04
Texto Áureo: “Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor .” (Sl. 33: 12.)
                                        
Leitura Bíblica em Classe:       142 – 378  - HC                   (I Sm. 8: 11 a  24).

09 – Agora, pois, ouve a sua voz, porém protesta-lhes solenemente, e declara-lhes qual será o costume do rei que houver de reinar sobre eles.
10 – E falou Samuel todos as palavras do Senhor ao povo, que lhe pedia um rei.
11 – E disse: Este será o costume do rei que houver de reinar sobre vós: ele tomará os vossos filhos, e os empregará para os seus carros, e para seus cavaleiros, para que corram adiante dos seus carros.
12 – E os porá por príncipes de milhares e por cinquentenários; e para que lavrem a sua lavoura, e seguem a sua sega, e façam as suas armas de guerra e os petrechos de seus carros.
13 – E tomará as vossas filhas para perfumistas, cozinheiras, e padeiras.
14 – E tomará o melhor das vossas terras, e das vossas vinhas, e dos vossos olivais, e os dará aos seus criados.
15 – E as vossas sementes, e as vossas vinhas dizimará, para dar aos seus eunucos e aos seus criados.
16 – Também os vossos criados, e as vossas criadas, e os vossos melhores mancebos, e os vossos jumentos tomará, e os empregará no seu trabalho.
17 – Dizimará o vosso rebanho, e vos lhes servireis de criados.
18 – Então naquele dia clamareis por causa do vosso rei, que vos houverdes escolhido, mas o Senhor não vos ouvirá naquele dia.
19 – Porém o povo não quis ouvir a voz de Samuel; e disseram: Não, mas haverá sobre nós um rei.
20 – E nós também seremos como todas as outras nações; e o nosso rei nos julgará, e sairá adiante de nós, e fará as nossas guerras.
21 – Ouvindo pois, Samuel todas as palavras do povo, as falou perante os ouvidos do Senhor.
22 – Então o Senhor disse a Samuel: Dá ouvidos à sua voz, e constitui-lhes rei. Então Samuel disse aos filhos de Israel: Vá-se cada um à sua cidade. 

Título da Lição: SIÃO CELESTE, REPOUSO DOS SANTOS!

Definição: Na lição de hoje estaremos dando continuidade a história de um homem que desde seu nascimento, foi levado e entregue por sua própria mãe ao Templo do Senhor, aos cuidados do sacerdote Eli. Samuel, um exemplo de dedicação, de santificação, entregue a total vontade do Senhor. Criou os filhos no Temor e na admoestação do Senhor. Podemos imaginar que para Samuel foi de grande surpresa o comportamento daqueles filhos ao receberem o cargo de Juiz da nação do Senhor. Como dissemos na lição passada; eles não demonstravam nenhuma sordidez, do contrário Samuel homem santificado jamais os levaria a juízes do Senhor. Mas vamos continuar meditando sobre a tristeza não só do profeta Samuel, muito mais do Senhor Deus de Israel. E disse o Senhor: “Ouve a voz do povo em tudo quanto te disserem, pois não te têm rejeitado a ti, antes a mim me têm rejeitado para eu não reinar sobre eles. Conforme a todas as obras que fizeram desde o dia em que os tirei do Egito até ao dia de hoje, pois a mim me deixaram, e a outros deuses serviram, assim também te fizeram a ti.” (I Sam.8: 7, 8). Assim o Senhor procurou consolar a Samuel acerca do desprezo daquele povo obstinado. O Senhor também pediu a Samuel que declarasse ao povo qual seria o costume do rei que eles escolheriam para reinar sobre eles. E assim foi feito, Samuel foi passando para o povo o costume do rei que eles escolhessem. Então temos a partir dos versos 11 a 18 de I Samuel cap. 8. Ali o Senhor deixou bem claro tudo quanto iria acontecer àquele povo, mesmo assim o povo preferiu um rei terreno. E assim como vimos na Leitura Bíblica em Classe, foi bem esclarecido o tipo que reinaria sobre Israel, perfeitamente ao gosto do povo. Na verdade sabemos que este mesmo povo foi o que clamou desde o Egito que o Senhor os tirasse de lá, não para segui-lo, mas sim para se livrarem da escravidão, dos trabalhos pesados. Fica aí uma dúvida que bem podemos esclarecer; é o seguinte: Será que o Senhor se iludiu com o choro do povo quando clamava desde o Egito pela libertação? Penso que não, pois o Senhor é oniciente, onipresente e onipotente, Ele é sabedor de todas as coisas muito antes delas acontecerem, o Senhor bem conhecia aquele povo, a razão de estarem vivendo como escravos no Egito estavam apenas colhendo o que seus antepassados plantaram, vejamos: “Então Judá disse aos seus irmãos: Que proveito haverá em que matemos a nosso irmão, e escondamos a sua morte? Vinde, e vendemo-lo a estes ismaelitas, e não seja nossa mão sobre ele: porque ele é nosso irmão, nossa carne. E seus irmãos obedeceram. Passando pois os mercadores midianitas, tiraram e alçaram a José da cova, e venderam José por vinte moedas de prata aos ismaelitas, os quais levaram //José ao Egito.” (Gn. 37: 26 a 28). Aí está a Lei da colheita. Mas voltando a situação, ou seja, a obstinação daquele povo, que é o  mesmo povo dos dias atuais se dizendo crentes em Jesus, porém correndo sempre atrás das misturas, dos interesses materiais, e o que é pior; se possível entremetem-se na famigerada política tornando-se pessoas totalmente indignas e porque não dizer, criminosas. Mas voltando a obstinação  daquele povo ante Samuel, ali no verso 20 do cap. 8 o povo declara mesmo o desejo de estar em meio a mistura mundana vejam: “E nós também seremos como todas as nações; e o nosso rei nos julgará, e sairá adiante de nós, e fará as nossas guerras.” (I Sam. 8: 20). Esta foi a declaração que mais nos faz meditar sobre o que estamos presenciando nestes últimos dias na face da terra, acerca da situação espiritual dos crentes, eis a razão das misturas com o mundanismo pecaminoso, os travestidos de pastores e agora temos as desocupadas mulheres se intitulando pastoras, verdadeira abominação ao Senhor, trazendo todo e qualquer tipo de abominação para dentro dos “templos”, uma verdadeira devassa! Pegaram uma palavra que eles nem sabem o significado; é o tal gospel e assim tudo se tornou gospel. Mas voltemos a lição sobre o que tristemente o Senhor ali dando todo apoio a Samuel disse: “Então o Senhor disse a Samuel: Dá ouvidos à sua voz, e constiui-lhes rei. Então Samuel disse aos filhos de Israel: Vá-se cada qual à sua cidade.” (I Sm. 8: 22). Dali certamente Samuel volta para casa, e o Senhor com certeza já havia visualizado um homem para ser rei em Israel. diz a história no cap. 9 que: “Havia um homem de Benjamim, cujo nome era Quis, filho de Abiel, filho de Zeror, filho de Becorate, filho de Afias, filho dum homem de Benjamim: varão alentado em força. Este tinha um filho, cujo nome era Saul, mancebo, e tão belo que entre os filhos de Israel não havia outro homem mais belo do que ele; desde os ombros para cima sobressaia a todo o povo.” (I Sm. 9: 1, 2). Aí estava o homem não escolhido, mas simplesmente indicado pelo Senhor, uma coisa é ser escolhido, outra é ser indicado pelo Senhor, Ele o Senhor indicou segundo a vontade do povo, pois geralmente as coisas belas são atraentes, mas nem sempre prudentes. E diz a história que Saul saiu a procurar umas jumentas que haviam se perdido, que conscidência, o povo também estava perdido, pois rejeitaram o Senhor, mas as jumentas do pai de Saul estavam perdidas e ele saiu a procurá-las, e ali procuraram por vários lugares, passando por muitas terras, sentiu Saul de voltar para que seu pai não se perturbasse pela sua ausência. Então o Senhor vai conduzindo Saul ao encontro de Samuel, pois já havia um plano da parte do Senhor, e o pretexto era jumentas perdidas. Nunca esqueçamos que Deus está sempre no controle. No verso 6 do cap. 9 diz que o moço que estava com Saul disse: “Porém ele lhe disse: Eis que há nesta cidade um homem de Deus, e homem honrado é: tudo quanto diz, sucede assim infalivelmente: vamo-nos agora lá; porventura nos mostrará o caminho que devemos seguir.” (I Sam. 9: 6). E assim o Senhor já estava encaminhando Saul para ter um encontro com Profeta Samuel. Então Saul e seu moço subindo da cidade acharam umas moças que saíram a tirar água, informaram a Saul que Samuel estava ali bem perto deles. Porém o Senhor já havia dantes avisado a Samuel por revelação. Ali o Senhor estava no controle de tudo, mas sendo Saul descendência da tribo de Benjamim, o Senhor por incrível que pareça teve uma remota esperança em Saul. Podemos sentir através do encontro de Samuel com Saul. Vejamos o verso: 24 do cap. 9...

Nenhum comentário:

Postar um comentário