PARTICIPE DO NOSSO BLOG

DÊ A SUA OPINIÃO
O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DO NOSSO BLOG?
ENVIE FOTOS, VÍDEOS, ARTIGOS...

CLIQUE AQUI E ENVIE A SUA MENSAGEM
projetovindemeninos@gmail.com





terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

LIÇÕES BÍBLICAS / EZEQUIEL E O JUÍZO DE DEUS! - Lição: 9

LIÇÕES BÍBLICAS
 Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
 Data: - 03 – 03 – 2019.     
Titulo da Lição:  EZEQUIEL E O JUÍZO DE DEUS!
Lição: 9
Texto Áureo: “Bem-aventurada a nação cujo Deus é o Senhor“ (Sl. 33: 12).  
                                    
Leitura Bíblica em Classe:       232  –  442 - HC           (II Tm. 2: 1 a 19)

1 – TU, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.
2 – E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.
3 – Sofre, pois, comigo, as aflições como bom soldado de Jesus Cristo.
4 – Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.
5 – E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente.
6 – O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos.
7 – Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo.
8 – Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dos mortos, segundo o meu evangelho;
9 – Pelo que sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa.
10 – Portanto tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus com gloria eterna.
11 – Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos;
12 – Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará.
13 – Se formos infiéis, ele permanece fiel: não pode negar-se a si mesmo.
14 – Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do senhor que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes.
15 – Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar; que maneja bem a palavra da verdade.
16 – Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade.
17 – E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto;
18 – Os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns.
19 – Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade.

Título da Lição: EZEQUIEL E O JUÍZO DE DEUS!

Definição: Vamos dando prosseguimento ao estudo sobre o cativeiro babilônico, onde foi parar um povo dantes tão amado pelo Criador. Mas, tanto transgrediram contra as Leis Divinas que o Senhor não teve outra alternativa a não ser manda-los juntamente com seus líderes para Babilônia, onde reinava Nabucodonozor, rei tirano, mas como o Amor de Deus é imenso, enviou também muitos de seus santos  profetas para estarem no meio deles, e quem sabe assim pelo menos alguns se salvariam? E nesse meio, foi um Sacerdote que o Senhor transformou em profeta, ou seja; Ezequiel. Como já temos aprendido nas lições passadas, vimos o quanto Ezequiel sofreu em seu próprio corpo físico os pecados daquela gente, mas permanecendo fiel ao Senhor, cumprindo todas as suas ordenanças. Chegamos ao capitulo 11 que vem nos falar sobre uma situação bem atual; o estado espiritual, moral dos líderes do povo, ou seja: os pastores da atualidade. Vejamos: “ENTÃO me levantou o Espírito, e me levou à porta oriental da casa do Senhor, que olha para o oriente; e eis que estavam à entrada da porta vinte cinco homens; e no meio deles vi a Jazanias, filho de Azur, e a Pelaias, filho de Benaías, príncipes do povo. E disse-me: Filho do homem, estes são os homens que pensam na perversidade, e dão ímpio conselho nesta cidade. Os quais dizem: Não está próximo o tempo de edificar casas: esta cidade é a panela, e nós a carne. Portanto, profetiza contra eles; profetiza ó filho do homem.” (Ez. 11: 1 a 4). Naquele momento Ezequiel sentiu cair sobre ele o peso da responsabilidade através do Espírito do Senhor quanto àquela situação, ou seja: o escárnio dos tais líderes do povo os aconselhando mal e escarnecendo do Senhor. Então Ezequiel ali foi ordenado pelo Senhor a falar, a transmitir ao povo o quanto sua ira havia se levantado. Vejamos: “Assim diz o Senhor: Assim tens dito, ó casa de Israel; porque, quanto às cousas que vos sobem ao espírito, eu as conheço. Multiplicastes os vossos mortos nesta cidade, e enchestes as suas ruas de mortos. Portanto assim diz o Senhor Jeová: Vossos mortos, que deitastes no meio dela, são a carne, e ela é a panela; a vós, porém, vos tirarei do meio dela. Temestes a espada, e a espada trarei sobre vós, diz o Senhor Jeová.” (Ez. 11: 5 a 8). Aí está, que situação tremenda, trazendo para nossos dias, no meio dos que se dizem crentes em Jesus, não está havendo nenhuma diferença destes acontecimentos ali no tempo do profeta Ezequiel. Estes mortos a qual o Senhor se refere; são mortos espirituais, pois todo aquele que transgride os Mandamentos do Senhor, tornam-se mortos espirituais. E nestes relatos podemos trazer para hoje, dias atuais na face da terra em especial em nosso Brasil, terra que o Senhor tanto amou, sim, pois  ao contemplar a nossa terra por volta do ano de 1910, sentiu a grande necessidade de fazer um Movimento Espiritual, pois as denominações evangélicas existentes no Brasil eram, e continuam sendo de fundamento maçônico. Foi necessário que o Senhor de toda a terra entrasse com providência, e assim, Ele chamou, preparou e trouxe lá da Suécia dois jovens senhores revestidos do Poder do Espírito Santo, e os consagrou a Missionários, e vieram com toda dificuldade financeira que  se possa imaginar, trazendo suas famílias mulher e filhos com a única finalidade; trazer o Pentecostes à Nossa terra. Com a Doutrina Pentecostal, totalmente Bíblica, Promessa do Senhor Jesus, como está escrito; Vejamos: “E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que (disse ele) de mim ouvistes. Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.” (At. 1: 4, 5). Minutos após o Senhor Jesus ter dito estas palavras aos seus discípulos, foi recebido no Céu ali, diante deles no Monte das Oliveiras. Mas voltando a nossa lição, prossigamos em meditar nos terríveis acontecimentos dos últimos dias, por um bom período, a Igreja de Jesus, a nossa saudosa denominação que recebeu o Nome por Revelação do Espírito Santo que seria; Assembleia de Deus. Hoje, nada mais resta daquela Assembleia de Deus, a corrupção generalizada entrou, os pastores enfiados na famigerada política, a Sã Doutrina, ou seja, os Mandamentos da Lei de Deus, jogaram no lixo, o mundanismo entrou nos templos, o que se vê hoje? Uma devassa! Igualzinho nos tempos do profeta Ezequiel cap. 11. As cidades do Brasil viraram panela, e os povos as carnes, é carne pura! O Espírito Santo ausentou-se já há muito, isto podemos afirmar pelos terríveis acontecimentos, é bom que o povinho que anda dizendo ser crente em Jesus, e principalmente os seus líderes tomem ciência o Senhor colocou sobre o povo que faz menção do Senhor toda a responsabilidade do mundo inteiro, de sermos o EXEMPLO de boa conduta, sabemos muito bem que foram apenas com 11 discípulos que a obra evangelizadora teve inicio, no exato momento em que o Senhor Jesus ali no monte das Oliveiras fez a promessa do revestimento do Espírito Santo, Ele disse: “Mas recebereis  a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra. E quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.” Será que há necessidade de mais alguma explicação? Portanto, todas as desgraças que estão acontecendo na terra é responsabilidade dos que se dizem crentes em Jesus, pelos maus exemplos que esses crentes estão dando a todo o mundo, os sinais estão aí, se atentem, pois é lamas de pecado sendo cobertos por lama. Mas o povinho crente nem assim se desperta, pois toda a responsabilidade está sobre os que pregam a Palavra do Senhor. Nos templos não há mais ensinamentos, não há mais pastores na face da terra. Só há ganância, noventa e nove por cento são mercenários, cães gulosos que nunca se fartam, isto está bem explicito no livro do profeta: “E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem: todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para sua ganância, cada um por sua parte.”  (Is. 56: 11). Mas voltando ao cap. 11 de Ezequiel. No verso 13 Ezequiel ali profetizando, morre um dos príncipes; Pelatias, ali foi um sinal de alerta da  parte do Senhor de que daria fim a tudo.  ...

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

LIÇÕES BÍBLICAS / EZEQUIEL VIU! - Lição: 8

LIÇÕES BÍBLICAS
 Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
 Data: - 24 – 02 – 2019.     
Titulo da Lição:  EZEQUIEL VIU!
Lição: 8
Texto Áureo: “Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos; (Jd. 1: 14).                                       
Leitura Bíblica em Classe:       461  –  158 - HC           (Ap. 15: 1 a 8: 16: 1 a 7)
1 – E VI outro grande e admirável sinal no céu: sete anjos, que tinham as sete últimas pragas; porque nelas é consumada a ira de Deus.
2 – E vi um como mar de vidro misturado com fogo; e também os que saíram vitoriosos da besta, e da sua imagem, e do seu sinal, e do número do seu nome, que estavam junto ao mar de vidro, e tinham as harpas de Deus.
3 – E cantavam o cântico de Moisés, servo de Deus, e o cântico do cordeiro, dizendo: Grandes e maravilhosas são as tuas obras, Senhor Deus Todo- poderoso! Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei dos santos.
4 – Quem te não temerá, ó Senhor, e não magnificará o teu nome? Porquê só tu és santo; por isso todas as nações virão e se prostrarão diante de ti, porque os teus juízos são manifestos.
5 – E depois disto olhei, e eis que o templo do tabernáculo do testemunho se abriu no céu.
6 – E os sete anjos que tinham as sete pragas saíram do templo, vestidos de linho puro e resplandecente, e cingidos com cintos de ouro pelos peitos.
7 – E um dos quatro animais deu aos sete anjos sete salvas de ouro, cheias da ira de Deus, que vive para todo o sempre.
8 – E o templo encheu-se com fumo da gloria de Deus e do seu poder; e ninguém podia entrar no templo, até que se consumassem as sete pragas dos sete anjos.
1 – E OUVI, vinda do templo, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide e derramai sobre a terra as sete salvas da ira de Deus.
2 – E foi o primeiro, e derramou a sua salva sobre a terra, e fez-se uma chaga má e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem.
3 – E o segundo anjo derramou a sua salva no mar; que se tornou em sangue como de um morto, e morreu no mar toda a alma vivente,
4 – E o terceiro anjo derramou a sua taça nos rios e nas fontes das águas, e se tornaram em sangue.
5 – E ouvi o anjo das águas que dizia: Justo és tu, ó Senhor; que és, e que eras, e santo és, porque julgaste estas coisas.
6 – Visto como derramaram o sangue dos santos e dos profetas, também tu lhes deste o sangue a beber; porque disto são merecedores.
7 – E ouvi outro do altar, que dizia: Na verdade ó Senhor Deus Todo-poderoso, verdadeiros e justos são os teus juízos. 
Título da Lição: EZEQUIEL VIU!
Definição: E como viu, ainda no capítulo 8; no versículo 17: Vejamos: “Então me disse: viste filho do homem? há cousa mais leviana para a casa de Judá, do que essas abominações, que fazem aqui? Havendo enchido a terra de violência, tornam a irritar-me; e, ei-los a chegar o ramo ao seu nariz. Pelo que também eu procederei com furor; o meu olho não poupará, nem terei piedade: ainda que me gritem aos ouvidos com grande voz, eu não os ouvirei.” (Ez. 8: 17, 18). Não poderíamos dar prosseguimento a este estudo sem antes fazer menção deste versículo que fala claramente sobre as drogas existentes na Casa do Senhor. Já cheiravam as folhas do ramo. Nos dias atuais não é nenhum segredo que as drogas rolam no meio dos crentes, pois crente até o capeta é, precisamos ser Filhos de Deus, com os nomes escritos no Livro da Vida, dentre as abominações tão atuais, temos a venda nas tais livrarias evangélicas as tais bíblias adulteradas, onde se muda o curso dos Textos Sagrados, ou seja as traduções antigas numa linguagem ao bel prazer. Tudo isto está acontecendo, igualzinho nos tempos do Sacerdote e Profeta Ezequiel. Mais uma vez vamos aqui alertar ao povo que se diz crente em Jesus, sobre o ser; Estudantes das Sagradas Escrituras para que tomem conhecimento e saibam que nada é novo, vimos neste versículo que há mais de três mil anos antes de Cristo os sacerdotes já cheiravam o ramo da coca, e o Senhor a cada coisa que mostrava para o profeta dizia: ainda verás coisas piores. O bom é que naquela ocasião, quando a dominação era direta do Céu à terra, o Senhor não poupava, a ordem Divina para com os profetas era de exterminar. Sabemos que o Senhor não tinha nenhum prazer de assim agir, mas acontece que após tantas vezes enviando os seus profetas como intercessores diante do povo, o Senhor na verdade desejava que o povo ouvisse o profeta e se emendasse de seus maus caminhos, porém de nada adiantava todo o esforço, pois o povo sempre foi obstinado. Vejamos: “E vos enviei os meus servos, os profetas, madrugando e enviando, e dizendo: Convertei-vos agora, cada um de seu mau caminho, e fazei boas as vossas ações, e não sigais a outros deuses para servi-los; e assim ficareis na terra que vos dei a vós e a vossos pais; mas não inclinastes o vosso ouvido, nem me obedecestes a mim.” (Jr. 35: 15). E assim foi vida a fora, por fim veio Jesus e o mataram também. O próprio Cristo quando por aqui andou disse com lágrimas: “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha os seus pintos debaixo das asas, e não quiseste?” (Jc. 13: 34). Este foi o lamento de Jesus ao contemplar as torres levantadas. Mas voltemos ao nosso estudo sobre as abominações cometidas no Templo do Senhor ali no meio de Babilônia, ali estava o Sacerdote e profeta Ezequiel, um tipo de Cristo, pois 93 vezes foi ele chamado pelo Senhor de; Filho do homem. Ali em meio aquele cativeiro, ele a tudo presenciou, os mesmos pecados cometidos hoje, o povo de Deus  cheirando,  fumado, se embriagando, e etc. Mas o Senhor foi bem claro no verso 18 do capitulo 8 do livro de Ezequiel dizendo; “Pelo que também eu procederei com furor; o meu olho não poupará, nem terei piedade: ainda que me gritem aos ouvidos com grande voz, eu não os ouvirei.” Olhemos um pouco para nossos tempos atuais; as desgraças que estão ocorrendo em todo o mundo, mas em especial na terra chamada Brasil, percebemos uma apostasia tão grande que chega a dar medo, principalmente naqueles que se dizem crentes ou evangélicos, a devassa dentro dos “templos”, tudo que temos visto através desta lição lá nos capítulos do livro de Ezequiel, está acontecendo muito pior nestes últimos dias, pois temos conhecimento de que há “templos” por aí que até salões de beleza estão funcionando no mesmo recinto que eles dizem cultuar ao Senhor, isto é ABOMINAÇÃO ao Senhor. Mas isto já era esperado, depois que os falsos pastores rasgaram o Antigo Testamento, as Sãs Doutrinas, os Mandamentos,  não são mais ensinados, consequentemente, o pecado tomou conta. Grande parte da mulherada tornaram-se discípulas de Jesabel, vejamos: “E Jeú veio a Jezreel, o que ouvindo Jezabel, se pintou em volta dos olhos, e enfeitou a sua cabeça e olhou pela janela.” Aí está, vemos aqui que nada é novo, todos nós sabemos qual foi o fim desta rainha prostituta, ele se refestelou toda ao saber que chegaria um homem diferente na cidade. E nos nossos dias estamos presenciando salões de beleza dentro dos “templos”. Mas prossigamos em contemplar o que o profeta Ezequiel passou ali com aquele povo obstinado: Após ter presenciado toda aquela devassa no templo, inclusive a droga maldita, o Senhor muito irado gritou aos ouvidos do profeta, vejamos: “ENTÃO me gritou aos ouvidos com grande vós, dizendo: Fazei chegar os intendentes da cidade, cada um com as suas armas destruidoras na mão.” (Ez. 9: 1). Sentimos aqui com toda clareza como se acendeu a ira do Senhor Todo Poderoso! Mas imediatamente Ezequiel viu os seis homens a caminho da porta alta, que olha para o norte, e cada um com as suas armas destruidoras na mão, agora vamos bem por sentido neste versículo: “E eis que vinham seis homens a caminho da porta alta, que olha para o norte, e cada um com as suas armas destruidoras na mão, e entre eles um homem vestido de linho, com um tinteiro de escrivão à sua cinta; e entraram e se puseram junto ao altar de bronze. E a gloria do Deus de Israel se levantou do querubim sobre o qual estava, até a entrada da casa; e clamou ao homem vestido de linho, que tinha o tinteiro de escrivão à sua cinta. E disse-lhe o Senhor: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela. E aos outros disse, ouvindo eu: Passai pela cidade após ele, e feri: não poupe o vosso olho, nem vos compadeçais. Matai velhos, mancebos, e virgens, e meninos, e mulheres, até extermina-los; mas a todo homem que tiver o sinal não vos chegueis; e começai pelo meu santuário. e começaram pelos homens mais velhos que estavam diante da casa.” (Ez. 9: 2 a 6). Ali Ezequiel muito se entristeceu por aquele extermínio. Mas ali estava o Homem vestido de linho JESUS CRISTO!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

LIÇÕES BÍBLICAS / EZEQUIEL, E AS ABOMINAÇÕES DO TEMPLO! - Lição: 7

 

LIÇÕES BÍBLICAS
 Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
 Data: - 17 – 02 – 2019.     
Titulo da Lição:  EZEQUIEL, E AS ABOMINAÇÕES DO TEMPLO!
Lição: 7
Texto Áureo: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar,” (II Tm. 2: 15a).
                                        
Leitura Bíblica em Classe:       505  –  432- HC               (II Tm. 3: 1 a 17)

1 – SABE. Porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
2 – Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
3 – Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
4 – Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
5 – Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
6 – Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;
7 – Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.
8 – E, como James e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.
9 – Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles.
10 – Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, caridade, paciência,
11 – Perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra: quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou;
12 – E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.
13 – Mas os homens maus e enganadores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados.
14 – Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido,
15 – E que desde a tua meninice sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.
16 – Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça;
17 – Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.

Título da Lição: EZEQUIEL, E AS ABOMINAÇÕES DO TEMPLO.

Definição: Ezequiel, homem cheio do Espírito Santo, escolhido e levado pelo Senhor Todo Poderoso, àquele cativeiro onde o povo amado pelo Senhor estava e, por incrível que pareça ali continuaram a pecar tanto ou mais. Uma coisa que não conseguimos entender é que, Todo aquele povo tinha pleno conhecimento das razões pelas quais foram levados cativos à Babilônia, sim, pois o Senhor certamente declarou para todos eles a principal razão, ou seja, pelas suas transgressões aos Mandamentos, as Leis. Mesmo assim, em pleno cativeiro continuaram a transgredir. Mas, prossigamos neste estudo, hoje entramos no capítulo 8 do Livro, nos dando ciência das terríveis abominações praticadas dentro do Templo do Senhor. Ezequiel, homem cheio do Espírito Santo mais uma vez é arrebatado em espírito e levado a contemplar as abominações no santuário. Vejamos: “E disse-me: Filho do homem, vês tu o que eles estão fazendo? as grandes abominações que a casa de Israel faz aqui, para que me afaste do meu santuário? mas verás ainda maiores abominações.” (Ez. 8: 6). O que mais nos chama atenção nesta primeira visão do Santuário, é quando o Senhor diz a Ezequiel com toda clareza que; as abominações que se faz dentro do Templo afasta o Senhor do mesmo. Já podemos fazer uma interrogação; que dizer das abominações que se fazem nos dias atuais, nestes templos por aí e por aqui? Podemos dizer com toda certeza que nos dias atuais está milhões de vezes pior do que Ezequiel presenciou ali em Babilônia. Temos tomado conhecimento que o povinho crente que anda por aí e por aqui, levaram todas as festas pagãs para dentro dos salões que eles chamam de templo: Festas juninas, foram transformadas em festas jesuínas, olha o escárnio aí, as práticas mundanas todas estão inseridas no meio deste povinho inconsequente, pastores? Não existem mais, as vocações sacerdotais já cessaram há muitos anos, outra coisa abominável são as pastoras, são mulheres desocupadas, que se apresentam como tais, não há NENHUM RESPALDO na Bíblia Sagrada sobre pastoras de homens, mas sim de quadrúpedes, quem lê entenda. Mas voltemos a nossa lição: Então o Senhor disse a Ezequiel que coisas mais abomináveis ele ainda iria ver naquele templo. Vejamos algo bem evidente: “Então me disse: Filho do homem, cava naquela parede. Cavei na parede, e eis que havia uma porta. Disse-me: entra e vê as terríveis abominações que eles fazem aqui. Entrei e vi; eis toda forma de répteis e de animais abomináveis e de todos os ídolos da casa de Israel, pintados na parede em todo o redor. Setenta homens dos anciões da casa de Israel, com Jazanias, filho de Safã, que se achava no meio deles, estavam em pé diante das pinturas, tendo cada um na mão o seu incensário; e subia o aroma da nuvem de incenso. (Ez. 8: 8 a 11). Isto nos mostra claramente que; todos os “pastores estão envolvidos na corrupção, e o povinho crente transgredindo com toda permissão deles, atualmente existem telões nos “altares,” sem se falar nos pastores envolvidos na famigerada política, abandonando os seus rebanhos. os crentes soltos pulando como cabritos pelos montes praticando feitiçarias, tudo isto acontecendo nos dias atuais. Estamos as vésperas da festa da carne, ou seja, o carnaval, as igrejotas promovem seus blocos carnavalescos, e saem na hipocrisia de que vão pregar o Evangelho, acontece que não temos nenhum respaldo desta tal coisa nos Escritos Sagrados. Mas vamos agora pensar um pouco quais seriam as funções de um pastor, ou presbítero ou bispo? Vejamos: “Convém pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; Não dado ao vinho, não espancador; não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento; que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia; (porque se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?”)  Aí está, mais claro do que isto é impossível. Na Epístola do Apóstolo Judas, ele faz uma advertência  sobre os falsos mestres e pastores, e ali vemos a revelação do buraco na parede, isto faz-nos entender que são coisas que não entram pelas Portas do Templo, mas sim, pelo buraco da parede vejamos: “Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligencia acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos. Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo.” (Jd. 1: 3, 4). É exatamente o que está acontecendo nestes dias atuais, os mercenários de púlpitos, ou melhor de palcos, se enriquecendo com o dinheiro dos trouxas, as Doutrinas das Sagradas Escrituras não se ensinam, pois do contrário os seus salões ficarão vazios, pois o povinho crente só quer ouvir falar de prosperidades materiais. Mas voltando em Babilônia, Ezequiel ficou também surpreso em ver as mulheres chorando por Tamuz. “E levou-me à entrada da porta da casa do Senhor, que está da banda do norte, e eis que estavam ali mulheres assentadas chorando por Tamuz. E disse-me: Viste filho do homem? verás ainda abominações maiores do que estas.” (Ez. 8: 14). Tamuz era uma divindade e ídolo sírio fenício, semelhante ao Adônis dos gregos. Na Bíblia, esse deus pagão é mencionado somente no Livro do profeta Ezequiel. É altamente abominável fazer menção dessas heresias, como é altamente abominável, comparar o Amor Divino ao tal de amor ágape, isto é ABOMINAÇÃO! Nos versos 15 e 16, o Senhor diz a Ezequiel: “E disse-me: Viste Filho do homem? verás ainda abominações maiores do que estas. E levou-me para o átrio interior da casa do Senhor, e eis que estavam à entrada do templo do Senhor, entre o pórtico e o altar, cerca de vinte e cinco homens, de costas para o templo do Senhor, e com os rostos para o Oriente; e eles adoravam o sol virados para o Oriente.” Portanto aí está a situação espiritual e moral do povo“.esta é a situação atual: “E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem: todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância,” (Is. 56: 11).

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

LIÇÕES BÍBLICAS / EZEQUIEL, O PROFETA!

 LIÇÕES BÍBLICAS
 Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
 Data: - 10 – 02 – 2019.     
Titulo da Lição:           EZEQUIEL, O PROFETA!
Lição: 6
Texto Áureo: “O Senhor faz justiça e juízo a todos os oprimidos.” (Sl. 103: 6).
                                        
Leitura Bíblica em Classe:       461  – 241 - HC               (Sl. 79: 1 a 13)

1 – Ó DEUS, as nações entraram na tua herança; contaminaram o teu santo templo; reduziram Jerusalém a montões de pedras.
2 – Deram os cadáveres dos teus servos por comida às aves dos céus, e a carne dos teus santos às alimárias da terra.
3 – Derramaram o sangue deles como água ao redor de Jerusalém, e não houve quem os sepultasse.
4 – Estamos feito o opróbrio dos nossos vizinhos, o escárnio e a zombaria dos que estão à roda de nós.
5 – Até quando, Senhor? Indignar-te-ás para sempre? Arderá o teu zelo como fogo?
6 – Derrama o teu furor sobre nações que te não conhecem, e sobre os reinos que não invocam o teu nome.
7 – Porque devoraram a Jacó, e assolaram as suas moradas.
8 – Não te lembres das nossas iniquidades passadas: apressa-te e antecipem-se as tuas misericórdias, pois estamos muito abatidos.
9 – Ajuda-nos, ó Deus da nossa salvação, pela gloria do teu nome: e livra-nos, e perdoa os nossos pecados por amor do teu nome.
10 – Porque diriam os gentios: Onde está o seu Deus? Torne-se manifesta entre as nações, à nossa vista, a vingança do sangue derramado dos teus servos.
11 – Chegue à tua presença o gemido dos presos; segundo a grandeza do teu braço, preserva aqueles que estão sentenciados à morte.
12 – E aos nossos vizinhos, deita-lhes no regaço, setuplicadamente, a sua injuria com que te injuriaram, Senhor.
13 – Assim nós, teu povo e ovelhas de teu pasto, te louvaremos eternamente: de geração em geração cantaremos os teus louvores.

 Título da Lição: EZEQUIEL, O PROFETA.

Definição: Dando sequência ao relato dos tristes acontecimentos no meio daquela gente que foi levada em cativeiro para Babilônia, e ali passariam setenta anos por conta de seus gravíssimos pecados cometidos contra o Senhor Todo Poderoso. Há um versículo muito interessante no Livro de Jó que diz assim: “Se quiser contender com ele, nem a uma de mil cousas lhe poderá responder. Ele é sábio de coração, poderoso em forças; quem se endureceu contra ele, e teve paz?” (Jó: 9: 3, 4). Aqui fica bem clara esta questão; triste será o fim dos que se endurecem contra o Senhor nosso Criador, nunca esquecer que; Ele está em cima, e nós em baixo. Portanto, aquele povo que o Senhor tanto amou, transgrediu os Mandamentos, as Doutrinas contidas nas Sagradas Escrituras e foram parar em Babilônia sob as ordens de um rei tirano, Nabucodonozor. Mas, vamos dando sequência aos fatos, e principalmente o trabalho desenvolvido pelo sacerdote e profeta Ezequiel. Vejamos no último versículo do capitulo 5 do Livro de Ezequiel o que nos diz o Senhor: “E enviarei sobre vós a fome e más bestas que te desfilharão; e a peste e o sangue passarão por ti; e trarei a espada sobre ti. Eu o Senhor falei.” (Ez. 5: 17). Aí está a consequência, que sofre os que transgridem os Mandamentos. Nos dias atuais, estamos presenciando um, outro tipo de consequências sobre os desobedientes aos Mandamentos: a natureza que é Deus se manifestando na terra, aliás, a primeira manifestação natural aconteceu no exato momento em que Jesus expirou na cruz, vejamos: “E Jesus, clamando outra vez em alta voz, rendeu o espírito. E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras. E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados;” (Mt. 27: 50 a 52). Não se iludam, por conta do grandíssimo pecado destes últimos dias, como predito pelos profetas que; chegariam os dias em que não obedeceriam as Sãs Doutrinas, e a natureza que é Deus se manifestaria. O mundo virou um lamaçal de pecado, o povo se atolando na lama, quem lê entenda. Mas voltemos a Babilônia. No capitulo 6 de Ezequiel, veio mais uma ordem da parte do Senhor para o profeta. Vimos na lição passada que, os cabelos de Ezequiel ali divididos em três partes representavam; serem espalhados pela terra, haveria guerra e etc. Agora ele teria que profetizar acerca da guerra terrível que viria. Então dos versos 6 e 7 Ezequiel teria que dizer a todos o terrível extermínio que haveria ali no meio de todo aquele povo. Vejamos os versos: “Em todos os vossos lugares habitáveis as cidades serão destruídas, e os altos assolados; para que os vossos altares sejam destruídos e assolados, e os vossos ídolos se quebrem e cessem, e as vossas imagens do sol sejam cortadas, e desfeitas as vossas obras. E os traspassados cairão no meio de vós; para que saibais que eu sou o Senhor.” (Ez. 6: 6, 7). Este capítulo fala muito mais do que colocamos aqui, verdadeiramente a ira do Senhor se acendeu muito contra aquele povo que Ele tanto amou. Mas, no verso 8 o Senhor orienta ao profeta para que deixe um resto, vejamos: “Mas deixarei um resto, para que haja alguns que escapem da espada entre as nações, quando fordes espalhados pelas terras. Então se lembrarão de mim os que de vós escaparem entre as nações para onde foram levados em cativeiro; porquanto me quebrantei por causa do seu coração corrompido, que se desviou de mim, e por causa dos seus olhos, que se andaram corrompendo após os seus ídolos; e terão nojo de si mesmos, por causa das maldades que fizeram em todas as suas abominações.” (Ez. 6: 8, 9). Aqui podemos entender muito bem a maneira Maravilhosa com que o Senhor trabalha. Voltemos nossa atenção agora para os acontecimentos atuais, o mundo desde então com seus “crentes” que enganam ao Senhor com suas abominações, espírito faccioso, falsificando a Bíblia Sagrada, os falsos pastores levando o rebanho para os montes, onde é lugar de cabritos e não de ovelhas, e o povo por sua vez não quer nada com o Sagrado, e por isto vamos presenciando a devassa que se tornou este povinho crente que anda por aí, cheio de misturas. Quando passamos para o capítulo 7 do Livro do profeta Ezequiel, de imediato lemos: O fim vem! O fim vem! E ali Ezequiel naquela grande responsabilidade de falar ao povo, transmitir as profecias, aliás o que significa a palavra PROFECIA? Tão clara o significado: o anuncio das coisas que em breve hão de acontecer. Mas, prosseguindo, no capítulo 7 do livro de Ezequiel vem o mesmo anuncio dos dias atuais; Jesus vem! Para que? Será que Jesus novamente porá seus pés nesta terra imunda pelos crentes? Não, Ele virá sobre a Nuvem. Mas seguir o Evangelho de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é de grande responsabilidade: 1º - Abraçar os Escritos Sagrados e cumprir TODOS os Mandamentos Nele contidos. 2º - Ser estudante da Bíblia. 3º - Sair pelo mundo pregando este Evangelho do Reino. Vamos agora voltar um pouco nos primeiros passos de Ezequiel como profeta: 1º Passo: “DEPOIS me disse: Filho do homem, come o que achares, come este rolo,”. Comer o rolo é estar adestrado na Palavra, firme. Vai aí uma indicação: Meditem e façam cumprir todos os dias em sua vida o Salmo de numero 1. 2º- Passo: “E disse-me: Filho do homem, vai entra na casa de Israel, e dize-lhes as minhas palavras.” Agora sim, Ezequiel estava pronto para sair e levar a Palavra de salvação àquela gente escravizada no pecado, ficaram escravizados de tanto subir montes para profanar com suas feitiçarias a Palavra do Senhor. Tanto profanaram que foram parar no cativeiro. Mas voltando ao capítulo 7 de Ezequiel continua a profecia anunciando a causa do fim, os grandíssimos pecados do povo. Da mesma maneira na Nova Aliança, ou seja, Jesus Salvador, aquele que deu a sua Vida numa cruz, levando sobre si todos os pecados do mundo, todas as enfermidades sobre si, sim Ele adoeceu na cruz, para que hoje tivéssemos vida e vida abundante. No capitulo 8 de Ez. Aparecem as abominações no Santuário, no verso 6 disse o Senhor a Ezequiel: “E disse-me: Filho do homem, vês tu o que eles estão fazendo? As grandes abominações que a casa de Israel faz aqui, para que me afaste do meu santuário? Mas verás ainda maiores abominações.” Portanto, neste estudo já podemos entender que; a causa de tanta desgraça na terra, são os crentes que estão profanando a Casa do Senhor.