Páginas

Pesquisar este blog

E o semeador saiu a semear (áudios)

Vídeos

domingo, 21 de janeiro de 2018

LIÇÕES BÍBLICAS / O PAI PROCURA TRABALHADORES - Lição: 03

 LIÇÕES BÍBLICAS
  Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
  Data: - 21 – 01 – 2018.     
  Titulo da Lição:           O PAI PROCURA TRABALHADORES 
  Lição: 03
Texto Áureo: “Então disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceiferos.” (Mt. 9: 37)
Leitura Bíblica em Classe:         67  – 65  - HC                  (Mt. 10: 1 a 20).

1 – E CHAMANDO os seus discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem e para curarem toda a enfermidade e todo o mal.
2 – Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: O primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;
3 – Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago filho de Alfeu, e Lebeu, apelidado Tadeu;
4 – Simão Cananita, e Judas Iscariotes aquele que o traiu.
5 – Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho das gentes, nem entrareis em cidade de samaritanos;
6 – Mas ide antes as ovelhas perdidas da casa d’Israel;
7 – E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
8 – Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios: de graça recebestes, de graça dai.
9 – Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos;
10 – Nem alforge para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operário do seu alimento.
11 – E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno, e hospedai-vos aí até que vos retireis.
12 – E, quando entrardes nalguma casa, saudai-a;
13 – E, se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, torne para vós a vossa paz.
14 – E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés.
15 – Em verdade vos digo que, no dia do juízo, haverá menos rigor para o país de Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade.
16 – Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto sede prudentes como as serpentes e símplices como as pombas.
17 – Acautelai-vos, porém, dos homens; porque eles vos entregarão aos sinédrios, e vos açoitarão nas suas sinagogas;
18 – E sereis até conduzidos à presença dos governadores e dos reis por causa de mim, para lhes servir de testemunho a eles e aos gentios.
19 – Mas, quando vos entregarem, não vos dê cuidado como, ou o que haveis de falar, porque naquela mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer.
20 – Porque não sois vós quem falará, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós.

Título da Lição: O PAI PROCURA TRABALHADORES

DefiniçãoSegundo o texto Áureo, hoje mais do que nunca, tornou-se grande a seara, pois ao longo do tempo surgiram novas cidades, novos países e etc. a questão é que houve uma queda muito grande em termos de gente preparada para tão grande missão. Como bem se expressou o nosso Amado Jesus; a seara será sempre e cada vez mais extensa, consequentemente cresce a iniquidade (pecado). “E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.” (Mt. 24: 11, 12). Tudo isto é fato, estamos vivenciando esta situação caótica por conta dos maus obreiros, (pastores) denominados pelo Senhor de cães gulosos. “E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem: todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte.” (Is. 56: 11). Mas a Palavra do Senhor permanece para sempre. E se eles, os mercenários crescem a cada dia o numero dos tais, é porque o povo assim o deseja, vejamos o que nos diz o Senhor por intermédio do profeta Jeremias acerca dos maus pastores da atualidade: “Como uma gaiola cheia de pássaros, são as suas casas cheias de engano; por isso se engrandeceram, e enriqueceram. Engordam-se, alisam-se, e ultrapassam até os feitos dos malignos; não julgam  a causa dos órfãos, para que eles prosperem: nem julgam o direito dos necessitados. Não castigaria eu estas cousas? Diz o Senhor; não se vingaria a minha alma de uma nação como esta? Cousa espantosa e horrenda se anda fazendo na terra. Os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam pelas mãos deles, e o meu povo assim o deseja: e que fareis no fim disto? (Jr. 5:27 a 31). Todo este texto é atualíssimo e até poderia nem nos causar tanto espanto, mas o que nos causa espanto é o final do texto; pois diz que o desgraçado do povo que se diz evangélico, gosta dessa situação, deseja que cada vez mais sejam deturpadas as Sagradas Escrituras, esse povo não quer nada com a verdade. Durante todo o meu Ministério, nunca encontrei em parte alguma um irmão ou irmã que chegasse diante de mim para pedir alguma explicação sobre um versículo que fosse, mas encontro todos os dias irmãos que pedem oração. É só o que se sabe cogitar: Ora por mim, ora por mim, ora por mim. Estes crentes estão sempre em luta, infelizes, desgraçados. Mas o Pai continua procurando trabalhadores. Para ser trabalhador no Evangelho é preciso conhecer o Pai, o Filho e o Espírito Santo, mas onde poderei me encontrar com Esta Trindade Santa, e daí passar a me relacionar com Ela, e daí me tornar um trabalhador na sua seara? A resposta é: Sendo estudante da Bíblia Sagrada! Para ser trabalhador no Evangelho de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é preciso estar na brecha. Estar na brecha, tapando os muros fendidos pelos pecados que tão de perto nos rodeia. É preciso amar a Deus sobre todas as coisas, para ama-lo é preciso conhecê-lo, para conhecê-lo é preciso ser estudante da Bíblia Sagrada. Para ser trabalhador no Evangelho é preciso ser batizado no Espirito Santo. Assim determinou o Senhor Jesus poucos minutos antes de ser recebido nos Céus: “E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que (disse ele) de mim ouvistes. Porque na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo; não muito depois destes dias.” (At. 1: 4, 5). No meio desta promessa tão maravilhosa, seus discípulos quiseram saber quando seria a restauração dos tempos e etc. Mas Ele, Jesus lhes respondeu que não os pertencia saber os tempos ou as estações, e disse-lhes: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra.” (At. 1: 8). Aí está a Grandíssima Promessa do Pai que ainda hoje procura trabalhadores. E esta promessa se cumpriu em apenas dez dias depois, ali no cenáculo onde estavam reunidos. Esta Promessa chegou também ao Brasil, nossa Pátria, pois o Senhor se lembrou de nós. Aqui nesta terra haviam duas denominações formadas pela maçonaria, porém na Suécia os olhos do Pai que procura trabalhadores para sua seara, contemplaram dois homens que eram estudantes da Bíblia, e que haviam sido revestidos do Poder do Alto, ou seja; batizados com Espírito Santo, e os trouxe para implantar em nossa terra uma Igreja segundo as Promessas feitas lá em Jerusalém pelo Filho Jesus. E esta Igreja recebeu o nome de Assembleia de Deus, este título foi dado aos missionários suecos por revelação, quando se reuniram para organizar e denominar um nome para o novo Templo que abrigaria o grande numero de salvos pelo trabalho de campo empreendido pelos missionários e suas famílias. Esta Igreja se tornou um grande referencial de homens e mulheres comprometidos com a Verdade (Escritos Sagrados). Enquanto guardaram a Palavra de Deus, iam crescendo a cada dia o numero dos que haviam de ser salvos, em cada cidade, em cada povoado lá estava o marco Maravilhoso. Mas infelizmente esta denominação também se corrompeu, e hoje o que vemos é um povo fracassado pelo pecado da incredulidade um dos maiores campos da Assembleia de Deus no Brasil; o campo de Madureira entregue a feitiçaria e toda sorte de imundície cheirando mal nas narinas do Senhor. A maçonaria tomou conta, sinais do final dos tempos como está escrito. “MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos e espíritos enganadores, e a doutrina de demônios; pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada sua própria consciência;” (I Tm. 4: 1, 2). Exatamente o que está acontecendo em todo o mundo, mas uma coisa é certa, todos os que trabalharam em prol do Evangelho de maneira nenhuma perderá seu Galardão, pois todas as obras estão em memorial diante do Senhor, embora lembrando com saudade do tempo em que pregava o Amor Divino, quando se cantava os lindos hinos da Harpa Cristã, quando muitas vezes o pregador nem tinha muita leitura como se dizia, mas quando tomava posse da Palavra a Igreja estremecia no Poder de Deus, e almas eram salvas, pois a cada dia o Senhor ia acrescentado. Mas eu creio que ainda hoje, nosso Pai Celestial ainda procura trabalhadores. PENSEM NISTO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário