A PORTA ABERTA ESTÁ

A PORTA ABERTA ESTÁ
Culto de Doutrina - terças às 18:30 / Culto de Consagração - quartas às 09:00 / Culto de Libertação - quintas às 15:00 / Evangelização e Culto ao Ar Livre - sábados às 17:00 / Escola Dominical às 09:00 / Culto Público aos domingos às 18:00

Translate

domingo, 24 de abril de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / OUVI A TUA PALAVRA E TEMI! - Lição: 4

LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - 24 – 04 – 2016. 
Titulo da Lição:       OUVI A TUA PALAVRA E TEMI!
Lição: 4  Texto Áureo: “Mas o Senhor está no seu santo templo: cale-se diante dele todo a terra.” (Hc. 2: 20).
                                                  449 – 447 - HC -  
Leitura Bíblica em Classe:                                            (Hc. 2: 1 a 16 a).
1 – SOBRE a minha guarda estarei, e sobre a fortaleza me apresentarei e vigiarei, para ver o que fala comigo, e o que eu responderei, quando eu for arguido.
2 – então o Senhor me respondeu, e disse: Escreve a visão, e torna-a bem legível sobre tábuas, para que a possa ler o que correndo passa.
3 – Porque a visão é ainda para o tempo determinado, e até ao fim falará, e não mentirá: se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará.
4 – Eis que a sua alma se incha, não é reta nele, mas o justo pela fé viverá.
5 – Tanto mais que, por ser dado ao vinho, é desleal; um homem soberbo que não se contém, que alarga como o sepulcro o seu desejo, e, como a morte, que não se farta, ajunta a si todas as nações, e congrega a si todos os povos.
6 – Não levantarão pois todos estes contra ele uma parábola e um dito agudo contra ele dizendo: Ai daquele que multiplica o que não é seu! (até quando!) e daquele que se carrega a si mesmo de dívidas!
7 – Não se levantarão de repente os que te hão de morder? e não despertarão os que se ao de abalar? e não lhes servirás tu de despojo?
8 – Visto que despojaste a muitas nações, todos os mais povos te despojarão a ti por causa do sangue dos homens, e da violência para com a terra, a cidade, e todos os que habitam nela.
9 – Ai daquele que ajunta em sua casa bens mal adquiridos, para por o seu ninho no alto, a fim de se livrar da mão do mal!
10 – Vergonha maquinaste para a tua casa; destruindo tu muitos povos, pecaste contra a tua alma.
11 – Porque a pedra clamará da parede, e a trave lhe responderá do madeiramento.
12 – Ai daquele que edifica a cidade com sangue, e que funda a cidade com iniquidade!
13 – Eis que não vem do Senhor dos Exércitos que os povos trabalhem para o fogo e os homens se cansem pela vaidade.
14 – Porque a terra se encherá do conhecimento da glória do Senhor, como as águas cobrem o mar.
15 – Ai daquele que dá de beber ao seu companheiro! tu, que lhe chega o teu odre, e o embebedas, para ver a sua nudez,
16 – Serás farto de ignomínia em lugar de honra: bebe tu também, e sê como um incircunciso: o cálice da mão direita do Senhor se voltará sobre ti.

INTRODUÇÃO: OUVI A TUA PALAVRA E TEMI!
Definição: Bem fez o profeta em ouvir e temer, não com medo, mas com temor e tremor, assim nos ensina o Senhor. A situação calamitosa entre as nações dos tempos do profeta Habacuque, nada tem de diferente da situação atual em nossa terra chamada Brasil, e nas demais nações. Só prevalece o mal, segundo o profeta Oseias que diz: “Só prevalecem o perjurar, e o mentir, e o matar; e o furtar; e o adulterar, e há homicídios sobre homicídios. Por isso a terra se lamentará, e qualquer que morar nela desfalecerá com os animais do campo e com as aves do céu e até os peixes do mar serão tirados.” (Os. 4: 2, 3). Vemos no texto que nem os animais são poupados, pois toda a criação sofre por causa do homem que na verdade não foi criado por Deus, mas sim confeccionado pelas próprias Mãos do Criador para dominar a criação. Dominar não é ser tirano, mas sim ter cuidado, zelo, dedicação e principalmente amor. E ao invés de matar, fazer multiplicar e prosperar, é assim que está escrito? Em qual religião? Em nenhuma religião. Isto está escrito num Livro o qual deveria ser o guia, principalmente de todo aquele que: Governa, que legisla, que ensina, que medica, que julga, que condena, que absolve, que gesta um feto, o que educa, o que planta, o que semeia, o que colhe,... “E disse Deus: façamos o homem à nossa imagem, conforme à nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeita-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo animal que se move sobre a terra.” (Gn. 1: 26 e 28). Aí vemos o zelo do Senhor. Mas voltando ao profeta Habacuque, ele estava vivenciando as mesmas  calamidades que nós hoje estamos vivendo, nada mudou, mas uma cousa muito boa aconteceu; o Senhor cumpriu a Promessa de um Salvador, este foi o Maravilhoso acontecimento na face de toda a terra, os versos 3 e 4 da LBC, faz menção a Promessa, Habacuque tomou conhecimento desta Promessa e creu, e viveu na força da Promessa, porque ele era justificado diante do Senhor, na sua oração do capitulo 3; verso 2 ele diz: “Ouvi Senhor a tua palavra, e temi: aviva ó Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos a notifica: na ira lembra-te da misericórdia”. É muito bom quando ouvimos a Palavra de Deus e tememos, temer é sinal de santificação, vemos que no primeiro capitulo do livro de Habacuque, ele muito preocupado com a salvação daquela gente transgressora, então ele passa a clamar por eles ao Senhor, e nesse clamor também fazendo interrogações como por exemplo: Até quando, Senhor, clamarei eu e tu não me escutarás? Quantas vezes fazemos também essa oração de tolo? Até quando? Até que haja arrependimento no povo, aí sim o Senhor estará com a sua Mao estendida para abençoar. Vejamos um texto muito interessante que se encontra em Isaias cap. 9: verso 17: “Pelo que o Senhor não se regozijará com os seus mancebos, e não se compadecerá dos seus órfãos e das suas viúvas, porque todos eles são hipócritas e malfazejos, e toda a boca profere doidices. Com tudo isto não se apartou a sua ira, mas, ainda está  
 estendida a sua mão.”  Este texto deixa bem claro que, no exato momento em que haja arrependimento da parte do povo, haverá perdão, pois as Mãos do Senhor estarão sempre estendidas para abençoar, nunca para pesar. Infelizmente ainda existem pessoas que se dizendo crentes, andam apregoando que o Nosso Senhor e Salvador pesa  a mão nas pessoas, mas isto é coisa de crente, pois os que são crentes não meditam nas Sagradas Escrituras, saem repetindo as asneiras que ouvem por aí, através de pessoas não chamadas ao Santo Ministério de pastor. Sem se falar das próprias tendências do homem natural, ou seja, aquele que ainda não teve uma experiência de salvação verdadeira. Habacuque nos mostra no capítulo 1: versos 2 e 3 a situação violenta no meio do povo, e ele ali orando através daquela visão horrenda, faz a mesma pergunta que muitos de nós faz ao Senhor; até quando Senhor? Mas a resposta Maravilhosa do Senhor veio para Habacuque de uma maneira tão expressiva e tão clara que ele passa a compreender o que o Senhor ali deseja que ele faça, e nós hoje? Será que ainda estamos fazendo o mesmo? Fazendo orações de tolo? vejamos a resposta do Senhor: “Então o Senhor me respondeu, e disse: Escreve a visão, e torna-a bem legível sobre tábuas, para que a possa ler o que correndo passa. Porque a visão é ainda para o tempo determinado, e até ao fim falará, e não mentirá: se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará. (Hb. 2: 2, 3). Esta resposta que Habacuque recebeu do Senhor com toda ternura e a paciência que o Senhor sempre dispensa aos seus filhos, deu novo ânimo ao profeta, pois ele compreendeu na hora, a mensagem Divina. E ali o Senhor continua discorrendo para ele toda aquela situação no meio do povo. Mostrando que a falha é sempre do povo por conta da desobediência à sua Palavra, não adianta colocar o Senhor numa cadeira como se Ele fosse um réu, era isto que o profeta estava fazendo. E nós quantas vezes até chorando, colocamos o Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo numa cadeira de réus lhe fazendo interrogatórios? Até quando Senhor este mal vai continuar em nossa porta? Então o Senhor vai nos responder da mesma maneira que respondeu a o profeta Habacuque: “pegue um papel, transforme-o num folheto, escreva, mesmo que seja a mão a Palavra do Senhor, escreva que Jesus é o Salvador, e está com as suas mãos estendidas para perdoar, salvar, curar, libertar, e levar para os Céus todo aquele que o receber em seu coração”, escreva e vá entregar esses folhetos as pessoas que corendo passa. Não é assim que acontece na evangelização que fazemos? As pessoas vão passando apressadamente a pé, ou de carro recebendo a mensagem de salvação. Esta foi a orientação que Habacuque recebeu da parte do Senhor. e ainda mais o Senhor falou ao profeta; dizendo-lhe que, o que ele estava presenciando ali através da visão ainda, era muitos  e muitos anos até que a Promessa da vinda do Messias se cumprisse. Habacuque então compreendeu tudo que o Senhor lhe falou, e sua oração foi mudada. No cap. 3, o Senhor continua mostrando em visão todos os terríveis acontecimentos, porém Habacuque agora sentia-se fortalecido na fé, e disse: “Ouvi, Senhor, a tua palavra e temi,”. (Hc. 3: 2 a). E confessa ao Senhor dizendo que; Haja o que houver, falte o que faltar, todavia se alegraria no Senhor, exultaria no Deus da sua salvação. Estejamos nós juntos com Hc. 3: 17 a 19.

domingo, 17 de abril de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / CASA NA ROCHA, OU NA AREIA? - Lição: 2

LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - 17 – 04 – 2016.  
Titulo da Lição:          CASA NA ROCHA, OU NA AREIA?
Lição: 2  
Texto Áureo: “E sede cumpridores da Palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.”                              (Tg. 1: 13 a 29; 8: 1).
                                                  374 – 30 - HC -  
Leitura Bíblica em Classe:                                          (Mt. 7: 21 a 29. 8: 1,2 ).
13 – Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
14 – E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
15 – Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.
16 – Por seus frutos os conhecereis. Porventura  colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?
17 – Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
18 – Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
19 – Toda árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
20 – Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
21 – Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.
22 – Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios?  E em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
23 – E então lhes direi abertamente: nunca vos conheci: apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.
24 – Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelha-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
25 – E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
26 – E aquele que ouve estas minhas palavras, e as não cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia.
27 – E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.
28 – E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina;
29 – Porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas.
1 – E DESCENDO ele do monte, segui-o uma grande multidão.
2 – E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo.

INTRODUÇÃO: CASA NA ROCHA, OU NA AREIA?
Definição: Nestes tempos chamados modernos, muito se fala em construir, Mas de que maneira estão construindo? Qual a base desta construção tão mencionada nos meios acadêmicos, nas escolas de ensino fundamental, e principalmente no meio onde existe um povo que se dizendo evangélico está cada dia desconstruindo? Estamos falando da construção de uma vida com base nos conselhos antigos do Senhor: “Ó SENHOR, tu és o meu Deus, exaltar-te-ei, a ti, e louvarei o teu nome, porque fizeste maravilhas: os teus conselhos antigos são verdade e firmeza.” (Is. 25: 1). Onde estão escritos os conselhos antigos do Senhor? Certamente todos os escritos estão na Bíblia Sagrada. A começar pelo Antigo Testamento, lá estão escritas todas as Leis necessárias para uma sólida construção. O texto bíblico acima diz que, os conselhos antigos do Senhor são verdade e firmeza. Mas, já há muito tempo as Leis do Antigo Testamento foram abolidas, por um certo povo, que usando o nome de Jesus, escarnece do mesmo. Fazendo jus a um sistema que apregoa que o país chamado Brasil é laico. Mas Jesus quando por aqui andou, lá do alto da montanha ensinou que; nem um til, nem um jota se omitirá da Lei, Ele foi enviado a terra pelo Pai para fazer cumprir toda a Lei do Antigo Testamento. Casa na Rocha, ou na areia? De que maneira alguém poderá construir sua casa espiritual, sem os conselhos antigos? Nele o Senhor Jesus deixou bem claro que; posição social, título de pastor, dinheiro não são importantes em seu Reino, importante para Ele é uma vida construída na santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. Mas de que maneira haverá santificação quando se arrancam de suas vidas os conselhos antigos do Senhor? Quando o homem travestido de pastor diz que as irmãs podem andar de qualquer maneira, os irmãos também, pois Jesus só quer o coração, é realmente do coração humano que procedem todas as coisas, o coração representa a alma. Nós somos também uma TRINDADE, Corpo, Alma e Espírito, muitos não sabem discernir o que isto representa diante do Senhor; o corpo é a casa que abriga a alma e o espírito. Mas o que é nosso espírito? É nosso cérebro, ou seja, nossa memória, raciocínio, é com ele que podemos discernir bem a Palavra do Senhor, armazenar os ensinos de Jesus e passar para a alma (coração), Essa tal de alma nos dá muito trabalho, costumo compará-la a uma criança aos nossos cuidados, muitas vezes a alma quer praticar coisas contrárias à Palavra do Senhor, mas através de nosso espírito (raciocínio) que vai conversando com a alma, mostrando para ela que, o que ela está querendo Papai do Céu não vai se agradar, então aos poucos a alma vai se comportando conforme os ensinamentos recebidos através do meu espírito que é o meu intelecto. Portanto é preciso ter muito cuidado com a alma, pois ela sempre estará pronta a desobedecer. A alma tem uma frase e gosta muito de repeti-la: “isto não tem nada a ver!” Temos vários exemplos na Bíblia Sagrada sobre o conversar com a alma: “Por que estás abatida, ó minha alma e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei. Ele é a salvação da minha face, e o meu Deus.” (Sl. 42: 11). Davi estava impedido de ir á Casa do Senhor pela perseguição de Saul, e sua alma sentia muitas saudades
do Santuário, então ele conversava com sua alma, procurando acalmá-la, tudo isto através do seu espírito (raciocínio). Vemos ainda no salmo 119: o salmista Num: “Estou aflitíssimo; vivifica-me, ó Senhor, segundo a tua palavra. Aceita, Senhor eu te rogo, as oferendas voluntárias da minha boca; ensina-me os teus juízos. A minha alma está de continuo nas minhas mãos; todavia não me esquecerei da tua lei.” (Sl. 119: 107 a 109). Vemos aqui com toda clareza a luta que estava travada no interior do salmista, o seu espírito (pensamento) ansiando por Deus e sua Palavra, mas a alma querendo perturba-lo, então ele orando, diz ao Senhor que tem consciência que a sua alma está nas mãos dele. Isto é muito forte, pois, após ter conhecimento das verdades contidas na Palavra de Deus, o dever é fazer cumprir com alegria. Quando o salmista diz que sua alma está de continuo em suas mãos o tentando para transgredir a Palavra, ele fica firme na questão de não esquecer-se da Lei do Senhor. Infelizmente devido a certos ensinamentos contrários quanto á questão salvação, podemos afirmar que: Nem o Senhor, muito menos o diabo levará alguém a perdição, ou seja: ao inferno a não ser nossa própria alma. Vejamos ainda o que diz as Escrituras no novo Testamento: “Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; Não na paixão de concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus.” (I Tes. 4: 4, 5). Fica claro mais uma vez que, o vaso representa a alma. Mais uma vez vemos a chamada á responsabilidade com a alma. Muito ainda temos a aprender nesta questão sobre nossa alma: “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor:” (Hb. 12: 14). Tudo isto está sendo falado nesta manhã do primeiro dia da semana, a fim de termos condições de construir nossa casa espiritual sobre a Rocha que é Jesus Cristo. Toda a receita já temos, está contida nos Escritos Sagrado, desde o Antigo Testamento, nunca sequer pensar em abolir as Leis do AT. Embora sabemos muito bem que muitos se dizendo pastores já aboliram, quando permitem que os irmãos andem de qualquer maneira, não respeitando uma das trindades que é o corpo. É no corpo que se reflete o que vai dentro do espírito (cérebro), e da alma. É muito sério! Homens e mulheres da cabeça aos pés vestidos fora do Mandamento (Dt. 22:5). É no corpo que se reflete o interior, tenha cuidado, pois diz o hino 455 de nossa Harpa Cristã que “o povo de Deus aqui na terra tem um sinal”. O Senhor colocou um sinal nas casas do seu povo antes de tirá-los do Egito. Este Maravilhoso Sinal foi o Sinal do Sangue do Cordeiro. Isto prevalece até o dia chamado hoje. Pois como está escrito em Gálatas, nós os gentios somos considerados pelo Senhor filhos de Abraão. “Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça. Sabei pois que os que são da fé são filhos de Abrão. Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti. De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.” (Gl. 3: 6 a 9). Portanto não há como fugir das Leis do AT. Quando o Senhor chamou Abraão de uma terra distante, nós como gentios já estávamos nos planos do Senhor: a Palavra de Deus não ficaria restrita aos hebreus, mas nos alcançaria, pois haveria outras nações, inclusive o Brasil. Casa na Rocha ou na areia?  

domingo, 10 de abril de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / COROAS OU GALARDÕES? - Lição: 2

LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - 10 – 04 – 2016.  
Titulo da Lição:           COROAS OU GALARDÕES?
Lição: 2  Texto Áureo: “E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.”                              (Ap. 22: 12).
                                                314 – 48 – HC -  
Leitura Bíblica em Classe:                                                  (Is. 40: 1 a 15).
1 – CONSOLAI, consolai o meu povo, diz o vosso Deus.
2 – Falai benignamente a Jerusalém, e bradai-lhe que já a sua malicia é acabada, que a sua iniquidade está expiada e que já recebeu em dobro da mão do Senhor, por todos os seus pecados.
3 – Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor: endireitai no ermo vereda ao nosso Deus.
4 – Todo o vale será exaltado, e todo o monte e todo o outeiro serão abatidos: e o que está torcido se endireitará, e o que é áspero se aplainará.
5 – E a gloria do Senhor se manifestará, e toda a carne juntamente verá que foi a boca do Senhor que isto disse.
6 – Voz que diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda a carne é erva e toda a sua beleza como as flores do campo.
7 – Seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do Senhor. Na verdade o povo é erva.
8 – Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente.
9 – Tu, anunciador de boas novas a Sião, sobe tu a um monte alto. Tu, anunciador de boas novas a Jerusalém, levanta a tua voz fortemente; levanta-a, não temas, e dize às cidades de Judá: Eis aqui está o vosso Deus.
10 – Eis que o Senhor Jeová virá como o forte, e o seu braço dominará: eis que o seu galardão vem com ele, e o seu salário diante da sua face.
11 – Como pastor apascentará o seu rebanho; entre os seus braços recolherá os cordeirinhos, e os levará no seu regaço: as que amamentam, ele guiará mansamente.
12 – Quem mediu com o seu punho as águas, e tomou a medida dos céus aos palmos, e recolheu numa medida o pó da terra e pesou os montes e os outeiros em balanças?
13 – Quem guiou o Espírito do Senhor? e que conselheiro o ensinou?
14 – Com quem tomou conselho, para que lhe desse entendimento, e lhe mostrasse as veredas do juízo e lhe ensinasse sabedoria, e lhe fizesse notório o caminho da ciência?
15 – Eis que as nações são consideradas por ele como a gota dum balde, e como o pó miúdo das balanças: eis que lança por aí as ilhas como uma cousa pequeníssima.
   
INTRODUÇÃO: COROAS OU GALARDÕES?
Definição: A definição da palavra Galardões, refere-se a prêmios que serão dados pelas mãos do Senhor Jesus, pelos serviços prestados nesta vida, porém em forma de Coroas. É o que está bem explicito no texto Áureo. Não confundir com a salvação, a salvação vem pela Graça que é Jesus, mediante a Fé que é; Dom de Deus. “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus.”  (Ef. 2: 8). Quanto ao Galardão que está com Jesus, para dar a cada um segundo a sua obra, porém pelo que já temos aprendido com o Senhor, Ele certamente está muito atento a esta questão, estas obras a qual Ele se refere, ou melhor, que Ele vai observando na vida do salvo, dia a dia, são os serviços prestados espontaneamente, com alegria, sem nenhum interesse. O Galardão que está com Ele são as recompensas, prêmios além da salvação, Jesus quando por aqui andou mencionou o Galardão: “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e mentindo disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus: porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.” (Mt. 5: 11, 12). Vemos aqui com clareza que não se trata de serviço como do tipo; evangelização, ou Ministerial, porém não deixa de ser um serviço que prestamos em prol da alma, pois, suportar as injúrias, perseguições, mentiras contra nós, é realmente um trabalho importante realizado  na alma. Só uma pessoa realmente convertida tem condições de suportar tudo isto e permanecer alegre. Jesus como Príncipe da Paz deseja nos contemplar assim, fortalecidos na Fé, cheios da Graça (Jesus), para que haja desde os Céus a terra alegria no Pai, no Filho e no Espírito Santo. Se parássemos um pouco cada dia, para meditar nas lindas promessas contidas nas Escrituras, seriamos as pessoas mais felizes desta terra e nem teríamos tempo para tomar  conhecimento se estão falando contra nós ou a favor, porque já temos aprendido que; A nossa vida está escondida com Cristo. “Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.” (Cl. 3: 2, 3). A organização das Escrituras, através dos ensinamentos, é Sublime! As Preciosidades que o Pai preparou para seus filhos, igualando-os com o Seu Filho Jesus: “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.” (Rm. 8: 16, 17). Esta palavra co-herdeiros significa que, o que permanecer leal ao Senhor até o fim receberá as mesmas Glorias que Cristo recebeu ao subir Ressuscitado. Mas voltando aos Galardões, diz as Escrituras que são cinco os Galardões ou Coroas: 1º -Coroa da Vida: “Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam.” (Tg. 1: 12) – Esta coroa será dada aos que têm uma vida Cristocêntrica. 2º - Coroa de Gozo“O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas sábio é.” (Pv. 11: 30). Mas, como saber se por nosso intermédio almas foram  Ganhas para o reino do Senhor? O importante é sair e lançar a Semente que é a Palavra de Deus, quanto aos frutos estão nas Mãos do Senhor, como está escrito em nossa LBC. Verso 9. 3º - Coroa da Incorruptibilidade: “E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível.” (I Co. 9; 25). Esta Coroa será concedida àqueles que procuram viver uma vida correta, que renega qualquer tipo de pecado, não aceitando nenhum tipo de suborno, vantagens de espécie alguma, mas vivendo com integridade diante do Senhor. 4º - Coroa da Justiça:“Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo Juíz, me dará naquele dia; e não só a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.” (II Tm. 4: 8). Receberão esta coroa aqueles que se entregam totalmente ao Reino de Deus; “Mas buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mt. 6: 33). 5º - Coroa de Gloria: “Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente: nem por torpe ganância, mas de animo pronto; Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho. E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa de gloria.” (I Pd. 5: 2 a 4). Esta coroa está reservada somente aos pastores que desempenharam os seus Ministérios com lealdade, no único propósito de fazer com que as ovelhas cresçam espiritualmente, não se importando com quantidade, mas expondo a Palavra do Senhor com todos os seus ensinamentos Doutrinários desde o Antigo Testamento, para que se cumpra na Nova aliança com Cristo, pois foi Ele mesmo quem disse: Não se omitirá uma vírgula ou um til das Sagradas Escrituras. Sabemos que, todos tem uma grande responsabilidade com suas próprias almas, mas aquele a qual o Senhor chama para o Santo Ministério de Pastor, a responsabilidade é dobrada, pois dará conta do rebanho ao Senhor. Que todos saibam que, ninguém pode se apresentar para ser pastor do rebanho do Senhor, ser Pastor nunca foi profissão, mas Chamada Divina! Infelizmente não é isto o que está ocorrendo no mundo atual. Estão transformando o Pastorado em profissão com salários e carteira assinada, isto é abominação. Não temos nenhum respaldo na Bíblia Sagrada quanto a isto. Sem se falar nas mulheres tomando o lugar do homem, e também se intitulando “pastoras”. Tudo isto está fora dos parâmetros Bíblicos, é bom que o povo que se diz salvo em Jesus Cristo, esteja bem alerta, e não acompanhe essas inovações diabólicas, para isto temos em nossas mãos o Livro Santo que contém tudo quanto precisamos aprender, são as Verdades, fora da Verdade tudo passa a ser de procedência maligna, pois se tornam em mentiras. (Mt. 5: 37). São muitas inovações não condizente com os Escritos Sagrados. Nunca esquecer que o Galardão está com Ele, Cristo Jesus, para dar a cada um segundo a sua obra. Atentemos também para a Leitura Bíblica em Classe, pois este texto de Isaias cap. 40 é um dos mais lindos poemas deixado pelo Senhor, dentro da promessa do Salvador Jesus Cristo. O verso 9 o Senhor se refere com tanta alegria aos que anunciam as boas novas, precisamos entender que, sair a evangelizar, é a maior prova que se pode dar ao Senhor de que estamos realmente salvos em Jesus!

domingo, 3 de abril de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / JOÃO VIU A ARCA NO CÉU! - Lição: 1

LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - 03 – 04 – 2016.   
Titulo da Lição:           JOÃO VIU A ARCA NO CÉU!
Lição: 1                                                              
Texto Áureo: “E abriu-se no céu o templo de Deus, e a arca do seu concerto foi vista no seu templo: e houve relâmpagos, e vozes, e trovões, e terremoto e grande saraiva. (Ap. 11: 19).                                            
Leitura Bíblica em Classe             214 – 272 – HC -         (Mt. 27: 35 a 53).

35 – E, havendo-o crucificado, repartiram os seus vestidos, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si os meus vestidos, e sobre a minha túnica lançaram sortes.
36 – E, assentados o aguardavam ali.
37 – E por cima de sua cabeça, puseram escrita a sua acusação: ESTE É JESUS, O REI DOS JUDEUS.
38 – E foram crucificados com ele dois salteadores, um à direita, e outro a esquerda.
39 – E os que passavam blasfemavam dele, meneando as cabeças, 
40 – E dizendo: Tu, que destróis o templo, e em três dias o reedificas, salva-te a ti mesmo; se és Filho de Deus, desce da cruz.
41 – E da mesma maneira também os príncipes dos sacerdotes, com os escribas, e anciãos, e fariseus, escarnecendo, diziam:
42 – Salvou os outros, e a si mesmo não pode salvar-se. Se é o Rei d’Israel, desce agora da cruz, e creremos nele;
43 – Confiou em Deus; livre-o agora, se o ama; porque disse: Sou Filho de Deus.
44 – E o mesmo lhe lançaram também em rosto os salteadores que com ele estavam crucificados.
45 – E desde a hora sexta houve trevas sobre toda a terra, até a hora nona.
46 – E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lama sabactâni , isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?
47 – E alguns dos que ali estavam, ouvindo isto, diziam: Este chama por Elias.
48 – E logo um deles, correndo, tomou uma esponja, e embebeu-a em vinagre, e, pondo-a numa cana, dava-lhe de beber.
49 – Os outros, porem, diziam: Deixa, vejamos se Elias vem livrá-lo.
50 – E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito.
51 – E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras.
52 – E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados;
53 – E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos.
                           
INTRODUÇÃO:
I – JOÃO VIU A ARCA NO CÉU!
Definição: De tudo quanto temos recebido do Senhor desde a nossa conversão, ou seja, todas as Bênçãos contidas nas Sagradas Escrituras, preparadas desde a fundação do mundo, temos também aprendido sobre o cuidado que o Senhor tem para conosco, e para com todas as suas preciosas Dádivas, e com todos os seus Utencilios. Nesta manhã de Domingo, primeiro dia da semana, dia do Senhor! Vamos meditar sobre o grande cuidado e amor recebido da parte do nosso Senhor. A Arca da Aliança! Ela representa ali no Tabernáculo no deserto, a Presença Viva do Salvador. Mas porque Tabernáculo? O que quer isto dizer? Diz que o Senhor sempre desejou estar caminhando lado a lado com seu povo, sempre no Caminho sendo Ele o próprio o Caminho. O Tabernáculo ali naquele deserto era movido de um lado para o outro. E neste Tabernáculo havia uma sala onde foi colocada a Arca, ninguém podia tocá-la senão o Sumo sacerdote, pois representava a Presença de Deus, o Santo dos santos. Durante toda a caminhada do povo hebreu, aquele povo que gritava por liberdade lá no Egito, e o Senhor ouviu o seu clamor e o tirou de lá com Mão Forte. “E disse o Senhor: Tenho visto atentamente a aflição do meu povo, que está no Egito, e tenho ouvido o seu clamor por causa dos seus exatores, porque conheci as suas dores. (Êx. 3: 7). A este povo, descendência de Abraão o Senhor edificou o Tabernáculo, e como já temos muitas vezes aprendido, ali foi tudo preparado para as Cerimônias desde o Pátio até ao Santo dos santos, onde ficava a Arca da Aliança. Muito importante também são os objetos dentro da Arca: As Tábuas da Lei, o Pote com o Maná e a Vara florescida de Arão. Estes três elementos tem grande significação diante do Senhor, pois retratam e confirmam coisas que nos dias atuais nem mais se comentam no meio do povo chamado “povo de Deus”. Sendo o Senhor Verdadeiro, Deus Zeloso e Conservador, jamais iria deixar esta tão grande Preciosidade perdida por aí, nunca! Mas voltando um pouco na questão; a representação da Arca lá no Tabernáculo, Ela representou e agora mais do que nunca Ela Representa o Altar Mor da Casa do Senhor, onde só pessoas consagradas ao Santo Ministério tem o direito de subir, de estar. Mas acontece que, este Preceito já há muito foi deixado de lado, pois o que se vê nos “templos” é um verdadeiro desrespeito ao Sagrado, ou seja, o Altar da Casa do Senhor. São as coreografias, as vendas de vários produtos a começar pelos CDs dos cantadores comercializando o talento da voz, e tantas outras coisas acontecendo no Altar. Mas como aprenderão se não tem quem ensine? Muitos dos que estão à frente de grupos se dizendo pastores dizem que os tempos mudaram, e que nos dias atuais estamos vivendo o tempo da graça, acontece que; a Graça é Jesus, e Ele mesmo diz que ai daquele que tirar um til ou uma virgula do que está escrito, e isto é dito em: “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a     
terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.” (Mt. 5: 17, 18). Portanto não há como fugir, a Palavra aí está. Mas voltando as Preciosidades do Senhor, estamos falando especificamente nesta manhã sobre o zelo, e também o carinho com que o Senhor tem para com todos os que fazem profissão de o seguir em espírito e em verdade. É certo que a Arca da Aliança está nos Céus, pois João viu “E abriu-se no céu o templo de Deus, e a arca do seu concerto foi vista no seu templo: e houve relâmpagos, e trovões, e terremotos e grande saraiva.” (Ap. 11: 19). Mas como podemos provar isto? Nós não temos que provar nada, pois tudo está esclarecidamente escrito. Foi Promessa do Senhor quando, orientando a Moisés a guardar as três Peças importantíssimas dentro da Arca, para que as gerações futuras tomassem conhecimento de todos os fatos ocorridos em prol da santificação de um povo escolhido para ser filho de Deus. Mas que seriam essas Peças e quais os seus significados? 1º - As Tabuas de pedra esculpida pelo próprio Dedo de Deus todas as Leis e Estatutos: (Êx. 32: 16) – 2º - O Pote com o Maná: (Êx. 16: 32) – 3º - A Vara florescida e com fruto de Arão: (Nu. 17: 10). E para confirmar tudo isto temos no Novo Testamento a menção deste procedimento do Senhor abrangendo tantos objetivos  benéficos a vida de seus filhos aqui nesta terra: “Porque um tabernáculo estava preparado, o primeiro, em que havia o candeeiro, e a mesa, e os pães da proposição; ao que se chama o santuário. Mas depois do segundo véu estava o tabernáculo que se chama o santo dos santos, Que tinha o incensário de ouro, e a arca do concerto, coberta de ouro toda em redor: em que estava um vaso de ouro, que continha o maná, e a vara de Arão, que tinha florescido, e as tábuas do concerto;” (Hb. 9: 2 a 4). Aqui o Senhor fala claramente descrevendo- a como era ali a sua Casa, da mesma maneira Ele descreve hoje, o Santo dos santos está no Altar, como já mencionado acima, é o lugar de grande respeito, pois é do altar que procede a Lei e os Preceitos esculpidos pelo Dedo de Deus. É do Altar que procede o alimento representado no Maná, aquele Pão descido dos Céus que ali no deserto saciava a fome daquele povo. Bastava um maná por dia. Assim também está escrito que a Palavra do Senhor deve ser recebida aos poucos. “Porque é mandamento, sobre mandamento, mandamento sobre mandamento, regra sobre regra, regra sobre regra: um pouco aqui, um pouco ali. (Is. 28: 10). Na verdade aos poucos vamos assimilando toda a Palavra de Deus para nossa vida. O importante é estar sempre procurando aprender e praticar o pouco de cada dia, vemos que ali no deserto a exemplo do maná, era em pouca quantidade, mas os alimentava suficientemente nas 24 horas do dia. Não basta aprender, o mais importante é conhecer ao Senhor, ao conhecê-lo ficamos admirados do seu Amor, do seu cuidado, do zelo, do Ser, Conservador que Ele É. A Arca da Aliança está no Céu, subiu com Jesus no exato momento em que Ele expirou na cruz, naquele exato momento o véu do templo de Salomão se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras. Ambos subiram ao Pai, Jesus e a Arca. Foi exatamente assim que João viu lá na Ilha de Patmos quando exilado. Jesus também espera um dia nos guardar com Ele para sempre na Cidade Santa!