Translate

segunda-feira, 7 de março de 2011

Lei Moral de Deus ou Crentes perseguindo a Igreja de Jesus?

Isto é incrivel! Mas é a mais pura verdade. Conta-nos a história da Igreja primitiva que os discipulos de Cristo nos primeiros séculos de nossa era foram muito perseguidos pelas autoridades romanas e até mesmo pelos judeus inconversos, mas atualmente a Igreja está sendo perseguida pelos crentes, como assim? Primeiro é preciso entender que há uma grande diferença entre crentes em Jesus, e a Igreja de Jesus: a Igreja de Jesus é composta de poucas pessoas que fazem uma entrega total de suas vidas ao Senhor (Sl. 37: 5 6). Sendo assim imediatamente à conversão, esta pessoa toma posse de todas as Bênçãos descritas nas Sagradas Escrituras (Ef. 1: 3, 4). Daí a vida dessa pessoa que tomou à plena consciencia de que as portas do inferno não mais prevalecem contra ela, pois agora ela é a Igreja de Jesus, então passa a não ter mais nenhum tipo de problema, pois trocou o seu fardo pesado por Jesus.
Agora vamos procurar entender a real situação amoral do que se diz crente em Jesus: esses tais não fazem uma entrega total ao Senhor, eles muitas vezes se decidem a frenquentar uma dessas muitas cabanas que eles chamam de igrejas existentes por toda parte, por alguma forma de interesse, aliás, interesses é o que não falta, é benção da prosperidade, é perspectiva de tornar-se empresário, é cura divina, sem se falar na liberalidade que já se tornou em libertinagem, então essas pessoas crentes não tem nenhuma base quanto a Lei Moral de Deus, que a possa firmar, bem como nenhum compromisso com a Verdade, pois a elas não foi pregado o Puro, o Santo, o Perfeito Evangelho de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a elas só foi mostrado os bens materias.  Então elas continuarão a ter problemas, inimigos, Demônios, doenças malignas, e toda sorte de consequencias trazidas pelo pecado do qual nunca se arrependeram.
São essas pessoas que perseguem a Igreja de Jesus, como assim?
Da seguinte forma: são elas que se intitulam pastores, pastoras, e saem por toda parte abrindo cabanas, de preferencia onde já exista uma Congregação séria, e dali esses crentes vão até a porta da Congregação chamando as pessoas para se unirem a eles. Este é um tipo de trabalho abominável! Temos na Bíblia Sagrada um versiculo muito interessante que diz: “E desta Maneira me esforcei por anunciar o evangelho, não onde Cristo houvera sido nomeado, para não edificar sobre fundamento alheio”. (Rm. 15: 20). Portanto essa Palavra Sagrada deixa bem claro um tipo de ensinamento que só a Igreja de Jesus aprende, pois a Igreja de Jesus procura estar sempre buscando aprender nas Sagradas Letras como deve se conduzir nesta terra para que um dia possa alcançar o Reino de Deus. Os crentes não fazem assim, os crentes não buscam aprendizado na Palavra de Deus, os crentes gostam de buscar coisas sempre contrárias à Palavra de Deus, como por exemplo: buscar no monte, que será que os crentes vão buscar no monte? Nunca saberemos. Eles vivem completamente desorientados, pois lhes falta o conhecimento da Palavra da Verdade. Tornam-se pessoas completamente alienadas quanto à questão Lei divina, em fim, lhes falta tudo, desconhece a lei que diz que: com menos de quinhentos metros de distancia, não se deve abrir nenhum estabelecimento do mesmo ramo, nem comercial, nem religioso. Por isso essas pessoas que se dizem crentes em Jesus vivem sempre atribuladas, porque nunca conheceram a Verdade. Se um dia conhecerem ficarão libertas. (Jo. 8: 32).
Mas como vão conhecer se já não há mais ensinadores da Verdade? Como aprenderão se não há quem os ensine? Sendo assim continuarão atribulados e perseguidores da Igreja de Jesus.