Translate

sábado, 4 de setembro de 2010

A Lei Moral de Deus ou a doutrina de Balaão?

Baseado no que foi dito pelo próprio Senhor Jesus, acerca da Igreja de Pérgamo na Ásia Menor, (Apc. 2: 14), vemos as mesmas coisas acontecendo em todo o “mundo evangélico”, os Balaques e Balaões lançando tropeços no meio de um povo idiota, interesseiro, desobediente, trouxa como o próprio mercenário “mor” os chama, igualzinho àquele povo dos tempos de Moisés, agora em maior escala, pois, multiplica-se cada dia o número de falsos pregoeiros de mentiras sendo tolerados pelas multidões que os acompanham, tanto nos “templos” como por todos os meios de comunicação. Isto nos faz lembrar o texto deixado na Bíblia Sagrada, no livro do profeta Ezequiel cap. 22:30, o Senhor dizendo: “E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei”.
Os poucos elementos que resta ainda nesta terra que sentem Temor a Deus, que ainda meditam um pouquinho na Lei Moral do Senhor ficam deveras impressionados com a inércia, com a apostasia, o desleixo que tomou conta dos homens que se dizem fazer parte de Ministérios dentro dos Templos, principalmente das Igrejas Assembléias de Deus, onde se observa que nenhum desses tais homens tem a coragem de protestar contra a MERCANCIA instalada dentro e fora dos “Templos”. Para quem ainda não sabe, já existem até “pastores” cobrando altos preços para irem pregar suas falácias, e ainda descaradamente têm a coragem de dizer que estão fazendo a obra de Deus. É tudo por dinheiro! E o povo indo atrás deles como mula sem cabeça (Sl. 32: 9 a.), pagando, comprando, aplaudindo, chamando-os de profetas, de apóstolos, de bispos, de bispas, etc., etc., são CDS e DVDS com símbolos (gospel) em espiral, são bíblias escritas por mercenários que vem de longe, e aderidas pelos mercenários brasileiros, enfim - é uma enxurrada de blasfêmias e heresias acontecendo numa Denominação dantes tão respeitada como era a Igreja Assembléia de Deus, aquela Igreja de um passado não tão longe destes dias. Este tão lindo Nome oficializado pelos antigos obreiros em 1918. Hoje o que vemos é uma denominação corrompida por que não dizer, morta por esses calhordas de plantão, sim, pois estão sempre de plantão dia e noite pagando com o dinheiro dos trouxas os espaços televisivos para assim poderem fazer suas mercancias, seus adultérios, como por exemplo: adulterando, colocando sobrenome na denominação Assembléia de Deus. E o povo néscio (ignorante), pois fazem questão de serem cada vez mais ignorantes quanto aos verdadeiros ensinamentos contidos nas Sagradas Escrituras, sendo assim essa corja vai “crescendo” em seus pecados e delitos contra a tudo que é santo, perfeito e agradável a Deus. Voltando a questão Balaão, vemos que de igual modo Balaão foi involuntariamente forçado a profetizar o bem àquele povo ali em Israel (Nu 24). Porém em sua sã consciência que, aliás, não era nada boa, foi, orientado por Balaque (rei de Moabe), a ir pelas costas de Moisés, às escondidas, induzir todo o povo a pecar, transgredir contra a Lei Moral de Deus (Nu. 25). Por isto, grande praga se alastrou no meio daquele povo e morreram vinte e quatro mil (Nu 25: 9). Da mesma maneira hoje sabemos de milhares e milhares que estão sendo envolvidos, contaminados e morrendo espiritualmente por essa praga, essa infestação de falsos profetas, falsos evangelistas todos com falsos ensinamentos, ou melhor, nenhum ensinamento. É preciso que se medite e se faça como está escrito nos Evangelhos, exemplo: Mateus cap.10: 1 a 10. E ainda: II Cor. 11: 24 a 29. Leiam e meditem no verdadeiro IDE de Jesus.