A PORTA ABERTA ESTÁ

A PORTA ABERTA ESTÁ
Culto de Doutrina - terças às 18:30 / Culto de Consagração - quartas às 09:00 / Culto de Libertação - quintas às 15:00 / Escola Dominical às 09:00 / Culto Público aos domingos às 18:00

Vídeos

Falsidade Ideológica nas Igrejas Assembléia de Deus

Assista aos vídeos do Programa / Há sempre um oásis no deserto sobre o tema Falsidade ideológica nas igrejas Assembléia de Deus.
Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4

Clique na imagem

Últimas Notícias

domingo, 25 de setembro de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / A CASA DO SENHOR É SANTA - Lição: 13

 LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - 25 – 09 – 2016.       
Titulo da Lição:       A CASA DO SENHOR É SANTA
   
Lição: 13. 
Texto Áureo: “Mui fieis são os teus testemunhos: a santidade convém à tua casa, Senhor, para sempre.”                   (Sl. 93: 5).
53 - 215 – HC.
Leitura Bíblica em Classe:                                  (Gn. 28: 10 a 22: 29: 1 e 2).    

10 – Partiu, pois Jacó de Berseba, e foi-se a Harã;
11 – E chegou a um lugar onde passou a noite, porque já o sol era posto; e tomou uma das pedras daquele lugar, e a pôs por sua cabeceira, e deitou-se naquele lugar,
12 – E sonhou: e eis uma escada era posta na terra, cujo topo tocava nos céus: e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela;
13 – E eis que o Senhor estava em cima dela, e disse: Eu sou o Senhor, o Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque: esta terra, em que estás deitado, ta darei a ti e à tua semente:
14 – E a tua semente será como o pó da terra, e estender-se-á ao ocidente, e ao oriente, e ao norte, e ao sul, e em ti e na tua semente serão benditas todas as famílias da terra:
15 – E eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra: porque te não deixarei, até que te haja feito o que te tenho dito.
16 – Acordado pois Jacó do seu sono, disse: Na verdade o Senhor está nesse lugar; e eu não sabia.
17 – E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus.
18 – Então levantou-se Jacó pela manhã de madrugada, e tomou a pedra que tinha posto por sua cabeceira, e a pôs por coluna, e derramou azeite em cima dela.
19 – E chamou o nome daquele lugar Betel: o nome porém daquela cidade dantes era Luz.
20 – E Jacó votou um voto dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer, e vestidos para vestir;
21 – E eu em paz tornar à casa de meu pai, o Senhor será o meu Deus;
22 – E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.
1 – ENTÃO pôs-se Jacó a pé, e foi-se a terra dos filhos do oriente;
2 – E olhou, e eis um poço no campo, e eis três rebanhos de ovelhas que estavam deitados junto a ele; porque daquele poço davam de beber aos rebanhos: e havia uma grande pedra sobre a boca do poço.

INTRODUÇÃO: A CASA DO SENHOR É SANTA

Definição: Através da Leitura Bíblica em Classe, tomo conhecimento dos grandes Mistérios provindos dos Céus, ou seja, diretamente do Senhor Todo Poderoso. O que nos chama mais a atenção é a questão da Pedra, fundação da primeira Casa denominada; Casa de Deus. Ali Jacó afirma; “E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus.” Pelo texto vemos que Jacó até então não tinha muita noção, ou melhor, nunca havia passado por uma experiência tão real, pois foi através do sonho que o Senhor lhe fez entender todos os planos que tinha para sua vida dali para frente. O ato de pegar uma pedra e fazê-la de travesseiro é muito significativa, aquela pedra não estava ali por acaso, mas o Senhor dirigindo a caminhada de Jacó até àquele lugar, preparou, escolheu a Pedra que significa o Fundador da Igreja; JESUS CRISTO! Não brinques com Deus! Jacó ao acordar do sonho, temeu e reconheceu que ali o Senhor havia colocado um marco, edificando a sua primeira Casa. Quando Jacó chama aquele lugar de terrível, ele se refere ao temor que sentiu em forma de respeito, o mesmo respeito que se deve ter ao adentrar hoje as portas da Casa do Senhor. Mas vamos continuar um pouco ainda meditando no mistério da Pedra: Interessante que no sonho de Jacó, o Senhor lhe fez promessas maravilhosas, as promessas que se estenderiam como se estendeu, ou seja, a salvação chegaria até nós hoje, aliás, foi mais uma confirmação, pois Abraão também havia recebido esta incumbência. Mas agora era com Jacó o compromisso. Vejamos as palavras do Senhor no sonho para Jacó de cima da escada: “Eu sou o Senhor, o Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque: esta terra, em que estais deitado, ta darei a ti e à tua semente: e a tua semente será como o pó da terra, e estender-se-á ao ocidente, e ao oriente, e ao norte, e ao sul, e em ti e na tua semente serão benditas todas as famílias da terra:” (Gn. 28: 13, 14). Voltando a questão da Pedra, ao acordar, Jacó sentiu pelo Espírito do Senhor que aquela pedra não era uma pedra comum, mas era digna de ser colocada como, Coluna. Verso: 18 LBC. Ali se erigia a Casa do Senhor. Em tudo isto vejo com muita clareza o Zelo do Senhor pela sua Casa. São incontáveis as referências na Bíblia Sagrada a este respeito. Salomão em seu livro Eclesiastes no capitulo 5: 1, 2 diz:  “GUARDA o teu pé, quando entrares na casa de Deus; e inclina-te mais a ouvir do que a oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal. Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar palavra alguma diante de Deus; porque Deus está nos céus, e tu estás sobre a terra; pelo que sejam poucas as tuas palavras.” A Casa do Senhor é lugar de Solenidades, nunca lugar de briga, ou de tristezas, pois os habitantes da Casa do Senhor são pessoas que se preparam através dos ensinamentos Bíblicos, para ter condições espirituais,  serem pessoas cheias do Fruto do Espírito Santo para que possam espiritualmente,  receber aqueles, ou aquelas pessoas  quer sejam crianças ou adultas que entrarem pela porta da Casa do Senhor, sem paz e sem salvação. De repente entra alguém que recebeu um folheto em algum lugar, das mãos de um mensageiro da Palavra de Deus, e de repente essa pessoa se sentiu tão bem com aquela mensagem que aquele senhor lhe entregou, ou aquela senhora tão simpática, e este folheto falou tanto ao coração que sentiu vontade de ir até àquele endereço. Quando chega, se depara com aquele ou aquela brigando dentro da Casa do Senhor. Como é que fica essa situação? Vamos ver o que Jesus falou a esse respeito: “Mas qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que creem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar. Ai do mundo por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem! (Mt. 18: 6, 7). Nessa fala o Senhor Jesus deixa muito claro quando se refere aos escândalos como coisa do mundão pecador, nunca dentro de Sua Casa. Não brinques com Deus! o que está escrito vai se cumprir, passe o tempo que passar. A Casa do Senhor é Santa, e os que habitam dentro de suas portas devem  ser santos do contrário, mais cedo ou mais tarde vai embora. Posso falar assim pois, é a Palavra do Senhor quem garante que sim: “Os meus olhos procurarão os fieis da terra, para que estejam comigo: o que anda num caminho reto, esse me servirá”. O que usa de engano não ficará dentro da minha casa: o que profere mentiras não estará firme perante os meus olhos.” (Sl. 101: 6, 7). Portanto, não há como fugir da ira futura, assim nos adverte as Sagradas Escrituras, quando João Batista vinha pelo deserto pregando falava com muita clareza a respeito de uma vida nova, ele veio na missão do batismo em águas, pois, a limpeza vem através de muitas águas, mas antes do batismo em águas ele, João Batista ensinava, com autoridade, e advertia sobre a salvação: “E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. Porque este é o anunciado pelo profeta Isaias, que disse: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.” (Mt. 3: 2, 3). Então João, o Batista pregou o Evangelho, ele pregava e batizava nas águas, todos sabem que, o batismo nas águas é o ato de sepultamento dos pecados nas águas correntes, ao levantar e sair das águas batismais, a pessoa sai em novidade de vida “De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que como Cristo ressuscitou dos mortos pela gloria do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.” (Rm. 6: 4). Então este ato de sair das águas batismais, representa uma ressurreição. Dali para frente é uma nova criatura em Cristo Jesus, as coisas velhas passaram, tudo se faz novo. E isto é para ser conservado para sempre. E esta vida nova conduz  a pessoa no caminhar para uma Casa especial, onde se contempla a beleza do Senhor, e mais ainda, cada dia aprende coisas novas, melhor ainda, quando começo a por em prática o aprendizado,  essa prática me faz sentir com mais força, vigor, saúde e alegria na alma. Olha que bonito o Senhor deixa para nós nesta manhã! “Bem-aventurados os que habitam em tua casa: louvar-te-ão continuamente. (Selá) Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração estão os caminhos aplainados. Vão indo de força em força; cada um deles em Sião aparece perante Deus. (Sl. 84: 5 a 7).

domingo, 18 de setembro de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / ESPERANÇA, ÂNCORA DA ALMA! - Lição: 12

LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - 18 – 09 – 2016.       
Titulo da Lição:       ESPERANÇA, ÂNCORA DA ALMA!
   
Lição: 12. 
Texto Áureo: “BEM-AVENTURADOS os que trilham caminhos retos, e andam na lei do Senhor”                   (Sl. 119: 1).
227 - 78 – HC.
Leitura Bíblica em Classe:                                        (Dt. 28: 1 a 15)

1 – E SERÁ que, se ouvires a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu te ordeno hoje, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra.
2 – E todas essas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus.
3 – Bendito serás tu na cidade, e bendito serás no campo.
4 – Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais; e a criação das tuas vacas, e os rebanhos das tuas ovelhas.
5 – Bendito o teu cesto e a tua amassadeira;
6 – Bendito serás ao entrares, e bendito serás ao saíres.
7 – O Senhor entregará os teus inimigos, que se levantarem contra ti, feridos diante de ti: por um caminho sairão contra ti, mas por sete caminhos fugirão diante de ti.
8 – O Senhor mandará que a benção esteja contigo nos teus celeiros, e em tudo o que puseres a tua mão: e te abençoará na terra que te der o Senhor teu Deus.
9 – O Senhor te confirmará para si por povo santo, como te tem jurado, quando guardares os mandamentos do Senhor teu Deus, e andares nos seus caminhos.
10 – E todos os povos da terra verão que és chamado pelo nome do Senhor, e terão temor de ti.
11 – E o Senhor te fará abundar de bens no fruto do teu ventre, e no fruto dos teus animais, e no fruto da tua terra, sobre a terra que o Senhor jurou a teus pais te dar.
12 – O Senhor te abrirá o teu bom tesouro, o céu, para dar chuva à tua terra no seu tempo, e para abençoar toda a obra das tuas mãos; e emprestarás a muitas gentes, porém tu não tomarás emprestado.
13 – E o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda; e só estará em cima, e não debaixo, quando obedeceres aos mandamentos do Senhor teu Deus, que hoje te ordeno, para os guardar e fazer.
14 – E não te desviarás de todas as palavras que hoje te ordeno, nem para a direita nem para a esquerda, para andares após outros deuses, para os servires.
15 – Será porém que, se não deres ouvidos à voz do Senhor teu Deus para não cuidares em fazer todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então sobre ti virão todas essas maldições, e te alcançarão.

INTRODUÇÃO: ESPERANÇA, ÂNCORA DA ALMA!
Definição: Âncora da alma! É tão linda essa expressão, continuação de um versículo que fala sobre um dos nove quesitos do Fruto do Espírito: “Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refugio em reter a esperança proposta; A qual temos como âncora da alma segura e firme, e que penetra até ao interior do véu.” (Hb. 6: 18, 19). A esperança é um dos três quesitos que permanecerá nos Céus junto aos salvos que lá entrarem. Mas vamos começar nossa meditação no texto que norteia nossa lição desta manhã: A Lição Bíblica em Classe; que trás a condição única para se alcançar a vida eterna com Cristo, mais uma vez podemos sentir os Santos propósitos do Senhor, sempre ao ministrar seus propósitos através das preciosas promessas ao povo, procurou falar, ou melhor, lançar sempre do alto, dos montes, pois Ele está sempre acima de tudo quanto se possa imaginar. Este capítulo 28 do livro chamado Deuteronômio, que tem como significado; Segunda Lei, sendo uma tradução hebraica: Deutero = segundo – nômio = Lei. Pois estas mesmas Leis já teriam sido dadas no livro de Êxodo. Mas voltando a nossa meditação, a condição é sempre a mesma, se ouvires, se guardares, se cumprires. São, portanto, três  passos importantíssimos para se alcançar a PAZ. Tendo sempre em mente que; a Paz é Jesus, afinal o preço foi muito alto, preço de Sangue. Falando em repetições, em Deuteronômio representando a repetição de tudo quanto Moisés recebendo diretamente do Senhor, sempre nos altos montes transmitia imediatamente para o aquele povo obstinado. (teimoso, pertinaz, relutante cabeçudo), mas ainda existem muitos outros adjetivos terríveis àqueles que decididamente não recebem as Leis Divinas: Por exemplo: Vejamos o que nos diz o Livro de Jó: “Mas o homem vão é falto de entendimento; sim, o homem nasce como a cria do jumento montês.” (Jó: 11: 12). Ainda temos a referência sobre a mula sem cabeça, muitos pensam que ela não existe, vejamos: “Instrir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos. Não sejais como o cavalo, nem como a mula que não tem entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio, para que se não atirem a ti.” (Sl. 32: 8, 9). Que tristeza ser comparado à mula sem cabeça, pois quando o texto fala sobre entendimento está se referindo ao que existe dentro da cabeça, que não pode ser outra coisa a não ser; raciocínio, entendimento, aliás, o Senhor sempre menciona acerca do nosso espírito, e tantas vezes já foi ensinado que; nosso espírito é o nosso raciocínio, que deve estar muito bem preparado para poder domar a alma que é ávida por pecar. Os ouvidos feitos para se ouvir, não para escutar, o que escuta não aprende nada, somente os que ouvem de bom grado, interessados, em colocar em prática tudo quanto se tem ouvido. Esse sim, será abençoado na terra, no mar, no ar, por onde quer que for, pois conserva a Esperança que  é Fruto do Espírito Santo, e esta Esperança como diz o texto acima, torna-se como Âncora que mantém firme a embarcação, ainda que o mar  esteja revolto. Quanto à alma, ela, a âncora  não a deixará ser tragada pelas ondas revoltas. Para os que fazem menção do Nome do Senhor e segue passo a passo TODOS os ensinamentos em forma de mandamentos, esculpidos com o próprio Dedo de Deus, já colocou sua casa em ordem, dedica todo o seu tempo e amor em Primeiro lugar ao Senhor, estão envolvidos na Missão da salvação das almas perdidas, amando os irmãos em Cristo, afastando-se dos que blasfemam contra Deus, amam a Casa do Senhor, respeitam os novos convertidos, tendo por eles grande apresso e cuidado para não causar escândalos no meio deles, os que assim procedem, podemos crer que haverá renovo a cada manhã na vida desses que assim procederem. Vamos voltar um pouco na questão do primeiro versículo de Deuteronômio 28: 1: “E SERÁ que, se ouvires a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu te ordeno hoje, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra.” Só há essa condição; se ouvires... o que ouve aprende, o que escuta, não aprende nada. O que só escuta vive desgostoso, fraco, triste, perdido, caído, nervoso, sem paz e sem salvação. É bom sempre lembrar que a Palavra do Senhor quando se refere à salvação, deixa bem clara a questão: entrega total. Nossa entrega, ou seja, o nosso receber a Jesus no profundo da alma, é um passo realmente muito sério, pois, Ele, Jesus não quer apenas nos fazer uma visita e daí a pouco vai embora, não, Ele vem para ficar e mudar tudo, por essa razão Ele enviou, e ainda está enviando discípulos a pregar ao povo as condições, ou melhor, os planos que  Ele tem para uma vida de Paz. Ninguém é obrigado a absolutamente nada. Porém a partir do momento em que eu aceito que Ele entre em meu coração, que representa a minha casa espiritual, o lugar aonde vai se acumulando durante uma vida inteira as piores teias de aranha que representam os sofrimentos, os recalques, as mágoas, os remorsos, e etc., enfim, ela está na pior condição que um ser humano possa estar, então, Jesus começa a bater nesta porta fechada a tudo quanto se diz paz, tranquilidade, felicidade, de que forma Jesus começa a bater? Enviando seus discípulos ao encontro dessa alma perdida sem saída por conta de tantos dissabores, mas quem está preparado para esse trabalho esmerado? Certa vez em meio a uma reunião de Culto, ali estava Isaias, em meio a reunião, ele sentiu o seu pecado e confessou  que tinha os lábios impuros, no mesmo instante foi purificado o seu pecado com uma brasa viva tirada do Altar por um dos serafins. Então algo aconteceu. O Senhor olhando a situação daquele povo ali reunido fez a seguinte interrogação: “Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim. Então disse ele: Vai,” (Is. 6: 1 a 8). Portanto, fica claríssimo que para ir, é preciso estar purificado de todo o pecado, basta querer, Isaias quis. Para irmos encerrando esta maravilhosa lição, precisamos aprender que não há mais tempo a perder, as coisas com o Senhor são muito rápidas, as alegrias são instantâneas, e perenes, a grande pedra deve rolar da vida do que recebe Jesus, nas primeiras doze horas, vemos que as últimas doze horas do martírio de Jesus foram as piores, as nossas primeiras doze horas com Jesus, sãos as melhores e decisivas. Pense no exemplo do ladrão la na cruz, Jesus disse: Hoje mesmo estarás comigo no paraíso!

domingo, 11 de setembro de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / QUANDO OS MUROS CAEM! - Lição: 11

LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - 11 – 09 – 2016.        
Titulo da Lição:          QUANDO OS MUROS CAEM!
    
Lição: 11. 
Texto Áureo: “Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá;” (Is. 55: 3).
158 - 302 – HC.
Leitura Bíblica em Classe:                                   (I Pd. 2: 1 a 16 ) 
1 – DEIXANDO, pois toda malícia, e todo o engano, e fingimentos, e invejas, e toda as murmurações,
2 – Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo:
3 – Se é que já provastes que o Senhor é benigno:
4 – E, chegando-vos para ele – pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa.
5 – Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.
6 – Pelo que também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; e quem nela crer não será confundido.
7 – E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, a pedra que os edificadores reprovaram essa foi a principal da esquina:
8 – É uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados.
9 – Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;
10 – Vós, que em outro tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia.
11 – Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais que combatem contra a alma;
12 – Tendo o vosso viver honesto entre os gentios; para que naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observam.
13 – Sujeitai-vos pois a toda a ordenação humana por amor do Senhor: quer ao rei, como superior;
14 – Quer aos governadores como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazem o bem.
15 – Porque assim é a vontade de Deus, que, fazendo bem, tapeis a boca à ignorância dos homens loucos:
16 – Como livres, e não tendo a liberdade por cobertura da malicia, mas como servos de Deus.
INTRODUÇÃO: 
QUANDO OS MUROS CAEM!
Definição: Definindo bem a fortaleza das expressões contidas no texto da Leitura Bíblica em Classe, daria para ficarmos deveras envergonhados com a atitude de alguns de nós quanto ao procedimento no meio dos irmãos em Cristo. É muito sério o que vem acontecendo no lugar das Solenidades, ou seja, na Casa que representa a Sião Celeste. Como costumamos muitas vezes dizer; a porta que o Senhor abre em alguns lugares que, Ele mesmo escolhe para que haja solenes reuniões de Culto, de contemplação a Beleza do Senhor, e principalmente para que seja o lugar de aprendizado, preparo, para quem sabe um dia poder chegar às Mansões Celestiais. Assim disse o salmista; “Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria: ainda que a guerra se levantasse contra mim, nele confiaria. Uma cousa pedi ao Senhor e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e aprender no seu templo.” (Sl. 27: 3, 4). Que oração maravilhosa fez o salmista Davi! Oração que agrada ao Senhor, enaltecendo, cada dia o Seu Nome e a Sua Casa, que deve ser a continuação da nossa casa de morada. São orações dentro de um procedimento santo, oração  que faz a serpente enroscada tomar o seu rumo, que promove a união entre os irmãos, que alegra o coração do Senhor nosso Salvador, que enche o coração de força, pois; A alegria do Senhor é a nossa força, assim proferiu Neemias, naquela festa maravilhosa da reconstrução dos muros caídos de Jerusalém, quando o povinho falso lá estava em volta de Neemias chorando, sentindo o peso de seus próprios pecados. Os muros de Jerusalém haviam caído, fendidos, as portas estavam queimadas a fogo,  um horror! Qual teria sido a razão? A resposta está na Leitura Bíblica em Classe; a malícia do povo, a desobediência, enfim, a total rejeição a tudo que se diz; Palavra do Senhor. Os muros caídos foi o resultado da rebeldia do povo, por isso foram levados em cativeiro por setenta anos, todos os pertences do Senhor ficaram por conta do opositor destruidor, ou seja, a serpente enroscada, ou seja, o personagem que se transfigura em serpente. Sempre por perto dos desobedientes à Palavra de Deus. Mas quero sempre voltar à oração de Davi, no salmo 27:  “O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?” (Sl. 27: 1). Quando se tem sempre em mente o enaltecer o Santo Nome de Jesus, pode vir o que vier, sempre haverá a Paz como ADORNO, que envolve os que buscam a Paz: “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor: tendo o cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem. “ (Hb. 12: 14, 15). Estes,  e tantos outros textos contidos no Livro Santo é para ser lido, meditado e praticado, do contrário estaremos todos perdidos, condenados ao INFERNO. A causa principal do horror que aconteceu em Jerusalém, o qual, quando Neemias tomou conhecimento, chorou amargamente, pois foi a rebeldia do povo “santo” a causa de toda aquela desgraça na terra. Sempre estamos aqui Aprendendo, tirando dos escritos Históricos Bíblicos os exemplos, as terríveis consequências sofridas lá no passado do povo hebreu, tirado da escravidão do Egito com todo aparato  possível e até impossível do Senhor,  pois foi através de milagres extraordinários, que eles saíram daquela escravidão, bastaria a travessia do Mar Vermelho, para aquele povo reconhecer que estava verdadeiramente sendo amparados com todo o Amor Divino, mas não deram a mínima importância, o mínimo valor, nunca reconheceram o grande amor de Deus para com eles. Hoje, acontece exatamente a mesma coisa em meio aos crentes, vão morrer crentes, pois recusam o Maná, sim, pois, toda a Escritura deixada, muito bem compilada, é um Maná descido dos Céus que alimenta a alma, que trás saúde ao corpo, aos ossos, que aformoseia o rosto, que promove a paz entre os irmãos, que instrui, que faz a serpente ficar sem resposta e fugir para bem longe... “Sujeitai-vos pois a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadoras; e, vós de duplo animo, purificai os corações.” (Tg. 4: 7, 8). Foi assim que Neemias encontrou aquele povo no final do terrível cativeiro de 70 anos, cheios de amarguras, quando seu irmão Hananai com mais alguns vieram lhe visitar na Fortaleza de Susã, ele perguntou pelos judeus que haviam restado do cativeiro, e ai vem a triste noticia; os que restaram estão em grande miséria e desprezo. Neemias chorou muito, e lamentou por alguns dias aquela situação. Trazendo para os dias de hoje; a situação também está calamitosa, por conta dos crentes, a situação mundial, todos os acontecimentos deixam clara a situação  apodrecida, isto pode-se sentir na porta, o desrespeito à Casa do Senhor, e o que é ainda pior; a devassa atuando dentro da Casa do Senhor través do procedimento dos crentes,  não respeitando, não amando uns aos outros, permitindo que a serpente enroscada transite livremente no Jardim de Deus, a mesma representação que há do lado de fora, talvez esteja pior do lado de dentro da Casa Santa, do lugar Santo, que o Senhor separou, bem no centro das terras de Meseque, bem em meio as tendas de Quedar. Aqui edificou o seu Marco, e nos chamou das trevas para a Maravilhosa Luz para que fossem colocados todos os que mencionam o Nome Santo do Senhor. Na Palavra do Senhor para quem ainda não sabe; contém muitos ensinamentos riquíssimos! Por exemplo: Ensinamento aos homens mais velhos e às mulheres mais velhas, a serem o exemplo dos mais moços. Mas primeiro vamos ver a situação dos homens mais velhos: “TU, porém, fala o que convém à sã doutrina. Os velhos que sejam sóbrios, graves, prudentes, sãos na fé, na caridade, e na paciência. As mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras do bem; Para que ensinem às mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos e filhos...” (Tt. 2: 1 a 3). Olha aí que grande missão o Senhor deixou para ser feita, estão fazendo isto, ou estão chocando ovos de basilisco e tecendo teias de aranha? (Is. 59: 5 a 7). É preciso rever os Valores contidos nas Sagradas Letras e coloca-los em prática antes que caiam os muros, pois não existe mais nenhum Messias prometido, o que tinha de vir já veio e não fizeram Dele caso algum.

domingo, 4 de setembro de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / SEMPRE ALERTA! - Lição: 10

 LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - O4 – 09 – 2016.       
Titulo da Lição:                SEMPRE ALERTA!
   
Lição: 10. 
Texto Áureo: “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.” (I Jo. 1: 8).
432 - 85 – HC.
Leitura Bíblica em Classe:                                   (Gl 5:16 a )
16 – Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
17 – Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes  opõem-se um ao outro: para que não façais o que quereis.
18 – Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
19 – Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia,
20 – Idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
21 – Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
22 – Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
23 – Contra estas coisas não há lei.
24 – E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.
25 – Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.
26 – Não sejamos cobiçosos de vanglorias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.
1 – IRMÃOS, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma  ofensa, vós que sois espirituais, encaminha o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado.
2 – Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.
3 – Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo.
4 – Mas prove cada um a sua própria obra, e terá gloria só em si mesmo, e não noutro.
5 – Porque cada qual levará a sua própria carga.
6 – E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instruiu.
7 – Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo que o homem semear, isso também ceifará.
INTRODUÇÃO: SEMPRE ALERTA!
Definição: Definindo nosso texto áureo, chegamos à conclusão que nunca chegaremos à condição de perfeitos diante de Deus, mas isto não é para ser recebido por nós com nenhuma tristeza, muito pelo contrário, deve ser com alegria que nos conscientizamos que, perfeito só nosso Deus em sua Magnífica Trindade. Porém, nunca esquecendo que o Criador fez tanto, o homem quanto a mulher perfeitos, tornaram-se corruptos por que quiseram. De que se queixa o homem? “De que se queixa  pois o homem vivente? queixe-se cada um de seus pecados.”(Lm. 3: 39). A Palavra do Senhor é Maravilhosa, pois, nela, ninguém nessa terra vai encontrar alguma contradição, ou algum dito que vá justificar algum tipo de pecado. Ela, ou seja, nas Sagradas Escrituras, contém todas as formas imagináveis para livrar do inferno todo aquele que a toma como regra de Fé, mas é preciso que haja antes de tudo, uma entrega total de sua vida a Jesus Cristo, pois somente Ele, deu a sua vida em resgate da minha e da sua vida.“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo. 3: 16). São tantos os versos existentes pela Bíblia afora, que seria impossível citá-los todos, mas quando se começa a caminhar no Caminho  (Jesus), cumprindo os escritos do Livro Sagrado, aí é só alegria! Mas como sempre, tomamos a Leitura Bíblica em Classe para nos alertar a cada lição da Escola Dominical, a melhor Escola do Mundo! Quando se vai a escola é para aprender, mas não basta aprender, é preciso praticar o que se aprendeu, há um versículo no Livro da Escola Dominical que diz: “Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.” Que coisa horrível! Mas isto acontece por várias razões, porém em meio a essas várias, existe uma perigosa, é a que está descrita no Texto Áureo; a ideia de que já se está perfeito, sem pecado, sempre apontando as falhas dos irmãos, isto é um péssimo sinal, pois, corre-se o risco de não haver concerto, ou seja, o Espírito do Senhor que é extremamente Sensível a este tipo de coisa, se afasta, Ele não contende com ninguém, e ai daquele que o Espírito Santo se afastar. Olhemos para o titulo de nossa lição desta manhã: SEMPRE ALERTA! Mas vejamos o perigo que se corre quando entristecemos o Santo Espírito do Senhor: “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmias e toda a malicia seja tirada de entre vós. Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.” (Ef. 4: 29 a 32.). Aí está claramente descrita a Palavra de aconselhamento de maneira suave, amorosa e de esperança, pois o Senhor deposita em nós a sua Esperança, senão vejamos: Dentro deste texto, o Senhor menciona algo de extrema importância para todo aquele que o recebe como Salvador, é a questão do SELO do Espírito Santo; muitas vezes já tem sidoaprendido sobre o que acontece quando alguém se decide a receber Jesus no coração (centro da vida), como seu único e suficiente Salvador, a primeira Pessoa que entra para fazer a limpeza em nosso interior é o Espírito Santo. Vejamos: “Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos lavou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo,” (Tt. 3: 5). Voltando ao SELO; Além da lavagem que o Espírito Santo fez no interior da pessoa que vem carregada de pecados, Ele, o Espírito Santo, antes de sair, para que Jesus entre na casa limpa, coloca um Selo, autenticado  para sempre, ou seja, para o Grande dia em Jesus virá nas nuvens do Céu buscar a sua Igreja, pura, imaculada, sem pecado, pois sendo Santo, Ele confiou em nós. Também lá no Céu no Grande Livro da Vida está Selado. Porém, não se iluda,  tudo isto pode cair por terra,  a partir do momento em que houver uma recaída, ou seja, começar a trazer de volta a imundície que foi tirada, lavada pelo Santo Espírito do Senhor. O nome lá no Livro da Vida também pode ser apagado juntamente com o Selo, se houver Dons do Espírito, serão recolhidos aos Céus, nada vai ficar por aí perdido, o Senhor é Deus Zeloso! Estai alerta, o Senhor não se deixa escarnecer, Ele pode ser longânimo, (paciente), mas tudo tem limite, uma vez aprendido  é bom que se coloque em prática o que se aprendeu com alegria! O Senhor nos trás das trevas para a sua maravilhosa Luz que é JESUS para sermos um povo feliz, sem nenhum tipo de problemas, no ato da salvação é feita uma troca; Ele Jesus faz uma troca com o pecador cansado de carregar os trapos de imundície: Então Ele diz: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” (Mt. 28: 28 a 30). Já estamos cansados de saber que a Palavra do Senhor é para ser lida, estudada e obedecida. Do contrário estaremos perdendo tempo em vir à Casa do Senhor. Para isso acontecer é preciso fazer o Ato de Contrição todo dia, reconhecendo as próprias falhas cometidas, nossas, não as dos outros, de preferência na banda da tarde, noite, podemos entender porque os Cultos ministrados pelo Senhor lá no Jardim no Éden eram diários, e sempre na virada da tarde. Isto é, para que nos retratemos com o Senhor sobre as coisas desagradáveis e pecaminosas que cometemos durante o dia. É o nosso Culto pessoal e racional, nunca com queixas diante do Senhor, mas sim com cofissão das faltas cometidas durante todo o dia e, até aquelas que passaram desapercebidas, nada tendo a pedir a não ser perdão com oração acompanhada da meditação nas Escrituras, também com cânticos espirituais, enfim, um Culto completo ao Senhor, considerando os irmãos da Casa do Senhor sempre melhores do que nós, apresentando-os também ao Senhor. Se você ainda não foi batizado com o Santo Espírito, busque essa Benção, se você já recebeu esta Benção, alegre-se cada dia mais, busque os Dons para serem úteis na Evangelização, cuide de sua vida espiritual. Vença a tentação. “O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante de seus anjos.” (Ap. 3: 5).

domingo, 28 de agosto de 2016

LIÇÕES BÍBLICAS / TENDAS DE QUEDAR - Lição: 9

LIÇÕES BÍBLICAS
Classe: “Ovelhas do Bom Pastor”.
Data: - 28 – 08 – 2016.       
Titulo da Lição:          TENDAS DE QUEDAR
   
Lição: 9. 
Texto Áureo: “Ai de mim, que peregrino em Meseque, e habito nas tendas de Quedar.” (Sl. 120: 5)
4 - 58 – HC.
Leitura Bíblica em Classe:                                   (Gn. 6: 1 a 16)

1 – E ACONTECEU que, como os homens se começaram a multiplicar sobre a face da terra, e lhes nasceram filhas;
2 – Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.
3 – Então disse o Senhor: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele é carne: porem os seus dias serão cento e vinte anos.
4 – Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando soa filhos de Deus entraram às filhas dos homens, e delas geraram filhos: estes eram os valentes que houve na antiguidade, os varões de fama.
5 – E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente.
6 – Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem sobre a terra, e pesou-lhe em seu coração.
7 – E disse o Senhor: Destruirei de sobre a face da terra, o homem que criei, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito.
8 – Noé porém achou graça aos olhos do Senhor.
9 – Estas são as gerações de Noé: Noé era varão justo e reto em suas gerações: Noé andava com Deus.
10 – E gerou Noé três filhos: Sem, Cam e Jafé.
11 – A terra porém estava corrompida diante da face de Deus: e encheu-se a terra de violência.
12 – E viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque toda a carne havia corrompido o seu caminho sobre a terra.
13 – Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra.
14 – Faze para ti uma arca da madeira de Gofer: farás compartimentos na arca, e a betumarás por dentro e por fora com betume.
15 – E desta maneira a farás: De trezentos côvados o comprimento da arca, e de cinquenta côvados sua largura, e de trinta côvados a sua altura.
16 – Farás na arca uma janela, e de um côvado acabarás em cima; e a porta da arca porá ao seu lado; far-lhe-ás andares baixos, segundo e terceiro.

INTRODUÇÃO:  TENDAS DE QUEDAR
 Definição: Tomamos sempre por base em nosso Estudo Dominical, a Mensagem Oficial; LBC. E hoje esta Mensagem nos trás mais uma vez a advertência sobre a mistura, coisa que muito desagrada ao nosso Senhor. Vemos que, bem ali no inicio de toda a história da humanidade, por sinal muito mal começada por conta de tantas tristezas causadas ao Criador, sim, pois Ele é uma Pessoa que sente, que se alegra, que se entristece, etc. Além da desobediência do casal, houve o primeiro homicídio terrível  na terra, Caim mata seu irmão Abel, um irmão matando o outro.  Quando dentro de um lar a família transgride as Leis divinas, pode esperar que a consequência desastrosa mais cedo ou mais tarde acontecerá, e os filhos são os primeiros a sofrer as consequências do desrespeito a Deus. Mas, passado algum tempo, o Senhor se lembrou de Eva, dando-lhe um filho, que viesse suprir a ausência de Abel, assim disse Eva: “E tornou Adão a conhecer a sua mulher; e ela teve um filho, e chamou o seu nome Sete; porque, disse ela, Deus me deu outra semente em lugar de Abel; porquanto Caim o matou”(Gn. 4: 25). Podemos agora imaginar, qual a intenção do Senhor, ou seja, uma nova esperança através desse perdão concedido ao casal que havia sofrido uma dupla perda, pois um irmão mata o outro, que situação triste para aquela mãe. Por isso ela se alegrou com o nascimento de Sete, nome escolhido por ela em agradecimento ao Senhor. No verso seguinte vemos que só muito tempo depois se começou a invocar o Nome do Senhor na terra. Daí, começa os homens a se multiplicar na face da terra, mas nem todos estavam seguindo os preceitos do Senhor, por esta razão acontece que os chamados filhos de Deus começam a cobiçar as filhas dos homens; “Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.” (LBC verso: 2). Mas voltando ao foco de nossa lição que se refere às Terras de Meseque, e as tendas de Quedar.  Nosso texto Áureo é um lamento de Davi que se tornou em cântico, cada vez que subia a Jerusalém com o povo a adorar ao Senhor. (cântico dos degraus) Davi sendo levado pelas circunstâncias peregrinou nas terras de Meseque e habitou nas tendas de Quedar. Primeiramente vamos relembrar nas Escrituras a origem de Meseque: “Estas são as gerações dos filhos de Noé: Sem, Cam e Jafé; e nasceram-lhes filhos depois do dilúvio. Os filhos de Jafé são: Gomer e Magogue,, e Madai, e Javã, e Tubal, e Meseque, e Tiras.” (Gn. 10: 1, 2). Meseque foi o sexto filho de Jafé, fundador de uma tribo tornou-se conhecido como povo bárbaro. No livro de Ezequiel cap.27, está escrito sobre a lamentação do Senhor, tão grande foi a transgressão do rei de /Tiro, que o Senhor até o compara ao diabo, e todos os que faziam negócios com ele. A citação, ou seja, a lamentação do Senhor vai diretamente sobre a cidade chamada Tiro, quanto à pessoa do rei, tão grande foi sua transgressão que o Senhor nem cita o seu nome, pois pelos escritos acerca desse homem, ele incorporou Satanás, contaminando por completo toda a cidade. A cidade chamada Tiro ficou conhecida por construir a sua riqueza através de explorar as terras vizinhas usando os mais inescrupulosos comerciantes, e nessa leva estavam três filhos de Jafé, filho de Noé. Fica claro que, esses filhos descendentes de Noé tornaram-se perigosos marginais, e não só comercializavam materiais de grande valor, mas também tornaram a cidade um centro de idolatria, imoralidade sexual, enfim, uma devassa, uma verdadeira favela da pior qualidade. Dentre tantos mercadores corruptos estavam os filhos de Jafé:  O Senhor então repreende o rei daquela cidade: “Javã, Tubal e Meseque eram teus mercadores: com almas de homens e vasos de bronze fizeram negócio contigo.” (Ez. 27: 13).  Vejamos a expressão do Senhor quando diz; “com almas de homens”, então fica bem claro que, além de mercadorias roubadas, eles também aliciavam almas (pessoas), igualzinho se faz em roda de nossa casa. E este tal de Meseque parece ter se destacado mais, pois possuiu terras, enriqueceu muito, e pelo lamento do Rei Davi, suas terras eram lugares pervertidos, exatamente como nos dias atuais, onde o traficante Meseque  tomou posse. Mais uma observação sobre o responsável da cidade de Tiro, o qual o Senhor nem cita seu nome, mas se refere a ele como sendo o próprio Satanás. No cap. 28 de Ezequiel versos de 11 a 19. Agora vamos meditar sobre outro personagem de igual forma, o tal de Quedar; quem foi Quedar? Descendente de Ismael, filho bastardo de Abraão. Aquele que dona Sara querendo ajudar Deus fez com que Abraão se misturasse com sua escrava, ou seja engravidasse a escrava. Ismael recebeu da parte do Senhor uma benção; seria flecheiro, valente, acontece que, Ismael debandou-se seguindo a marginalidade. Ele jamais poderia se comparar com o filho da promessa que foi Isaque. O Senhor não é homem para que minta, Sara não depositou fé no Senhor. Então foi formada uma outra facção, ou seja, Meseque e Quedar, não se sabe qual das duas foi pior. Os descendentes de Ismael. “Estas porém são as gerações de Ismael, filho de Abraão, que a serva de Sara, Agar, egípcia, deu a Abraão. E estes são os nomes dos filhos de Ismael pelos seus nomes, segundo as suas gerações: o primogênito de Ismael era Nebaiote, depois Quedar, e Adbeel, e Mibsão, e Misma, e Dumá, e Massá, Hadar, e Tema, Jetur, Nafis, e Quedemar.”  Estes descendentes de Ismael se tornaram inimigos ferrenhos de Israel, que são descendência de Isaque. No Salmo 83 do verso 1 ao 7 vemos todos os que guerreavam contra Israel. O verso 6 deixa bem clara a presença de Ismael: “Disseram: Vinde e desarraiguemo-los para que não sejam nação, nem haja mais memória do nome de Israel. Porque à uma se conluiaram; aliaram-se contra ti: as tendas de Edon, e dos ismaelitas, de Moabe, e dos hagarenos ,” (Sl. 83: 4 a 6). Então vemos aqui a grande revolta de Ismael,  esta revolta permanece até os dias atuais. Consequências de mais uma mistura procedente da cozinha de Sara, Abraão por sua vez seguiu o parecer de sua mulher. Voltando ao Salmo 120, quando Davi expressa com muita propriedade a convivência difícil com aquele povo marginalizado, totalmente fora dos parâmetros Divino,  “Ai de mim que peregrino em Meseque, e habito nas tendas de Quedar: A minha alma bastante tempo habitou com os que detestam a paz. pacífico sou, mas em eu falando já eles estão em guerra.” (Sl. 120: 5 a 7). Pensemos nisto!